Morador de Sidrolândia com fratura no tornozelo, espera há 8 dias por cirurgia em Campo Grande

No dia do acidente, 31 de março, foi atendido no Hospital Elmiria Silvério Barbosa, onde a fratura foi confirmada por exame de raio-x.

Microempresário no Bairro Cascatinha, está há 8 dias internado no Hospital Universitário em Campo Grande - Foto: Divulgação

Um microempresário no Bairro Cascatinha, está há 8 dias internado no Hospital Universitário em Campo Grande, onde aguarda por uma cirurgia no tornozelo, desde o último dia 2.

No dia do acidente, 31 de março, foi atendido no Hospital Elmiria Silvério Barbosa, onde a fratura foi confirmada por exame de raio-x. Ele recebeu o diagnóstico de que precisaria passar por cirurgia, mas teria de esperar internado no hospital até a central de regulação autorizar sua internação na Capital.

Na esperança de que conseguiria fazer a cirurgia mais rapidamente, veio por conta própria para Campo Grande, onde se consultou numa das UPAS da cidade. Os plantonistas o encaminharam para o setor de ortopedia do Centro de Especialidades Médicas onde colocaram uma tala e dois dias depois foi encaminhado para cirurgia no HU onde aguarda o procedimento há 8 dias. A operação foi adiada mais de uma vez e por enquanto, está agendada para amanhã à tarde.

Já uma dona casa, também moradora no Cascatinha, está internada desde sábado no Hospital Elmiria Silvério Barbosa, onde aguarda encaminhamento para Campo Grande. Ela sofreu uma queda em casa, foi levada para hospital, onde um raio-x confirmou a fratura. Na UPA o ortopedista atende as sextas-feiras e só há vaga disponível para consulta no CEM em agosto. A Secretaria Municipal de Saúde fechou o credenciamento de um terceiro ortopedista.