Anderson Silva critica provocações de Adesanya

Ex-campeão peso-médio elogia nigeriano, que se tornou campeão interino da categoria

Anderson Silva conversou com a imprensa em treino aberto nesta quarta — - Foto: Buda Mendes / Getty Images

Numa conversa com a imprensa na tarde desta quarta-feira no Rio de Janeiro, onde se prepara para o UFC 237, em maio, quando enfrenta Jared Cannonier, Anderson Silva foi questionado a respeito dos mais variados assuntos, e um deles chamou a atenção pelo alerta dado ao último adversário. Para Spider, Israel Adesanya foi desrespeitoso com Jon Jones ao provocá-lo antes e depois de sua luta com Kelvin Gastelum, onde se tornou campeão interino do peso-médio (até 84kg).

- São categorias diferentes. É bem difícil você falar de algumas coisas porque o Adesanya está chegando, né? Apesar de ele estar com esse boom de vitórias, está chegando. E você acaba chegando num espaço que tem que entender como funciona. Na minha visão como atleta, ele desrespeitou o Jon Jones. Para o negócio, para o Dana (White, presidente do UFC), é ótimo. Será um grande negócio para ele. Independente de eles lutarem ou não, quem está ganhando com isso são o UFC e os fãs. Mas existe a falta de respeito. Acho que ele ultrapassou um pouco os limites, mas com o tempo vai aprendendo a lidar com essas coisas. Tem que respeitar o que o Jon Jones fez. São dois grandes lutadores, e no futuro, quem sabe, os dois podem até lutar. Mas sou de uma época em que você tinha honra e respeitava cada um o seu espaço. É a minha opinião.

Anderson e Adesanya se enfrentaram no UFC 234, em Melbourne, em fevereiro desse ano, e já na ocasião o brasileiro elogiou a técnica do nigeriano de 29 anos. Ainda que ressaltando que não é seu clone. Nesta quarta, Anderson voltou a elogiá-lo pela conquista, mas alertou para a necessidade dos aprendizados.

- Ele tem um grande caminho a percorrer. É um jovem atleta, talentoso, que tem muita coisa para aprender ainda, mas tem um futuro brilhante nesse esporte. Vou torcer para que ele consiga chegar aonde deseja. É um grande atleta, um menino do bem e tem todas as armas para poder chegar lá.

- São dois grandes lutadores. O problema de você estar sempre vencendo é que - falando por mim - se você não tiver a capacidade de entender que acaba se tornando o alvo maior e todo mundo vai querer acertar esse alvo, você acaba se complicando um pouco lá na frente. Acredito que o Adesanya tem um futuro brilhante pela frente, é um grande lutador, e o Whittaker é o campeão, tem que ser respeitado. Tem que ter calma com as escolhas, as decisões que toma. Daqui para frente, ele vai começar a ter algumas surpresas que estão fora do controle dele. São dois grandes atletas, vamos esperar para ver o que vai acontecer. É uma luta boa, que convido os fãs a assistirem.