Em reunião com a base, prefeito defende aprovação das contas de Daltro

Prefeito Marcelo Ascoli defendeu a aprovação das contas do ex-prefeito Daltro Fiuza, referentes ao exercício de 2008.

Prefeito se reuniu com secretários e vereadores da base. - Foto: Divulgação

O prefeito Marcelo Ascoli, reunido pela manhã com os vereadores da base do Governo na Câmara, defendeu a aprovação das contas do ex-prefeito Daltro Fiuza, referentes ao exercício de 2008, que serão julgadas na próxima terça-feira.

Em reunião com seis dos oito vereadores da base, o prefeito avaliou que o parecer do Tribunal de Contas não traz evidencias de qualquer ato lesivo ao interesse público praticado pelo ex-prefeito, simplesmente houve um erro formal, de caráter contábil, na escrituração no patrimônio do município de ônibus adquiridos para o transporte escolar.

“Sei que o voto e a palavra final é de vocês, vereadores. Entretanto peço, a partir das ponderações do ex-prefeito, que façam uma reflexão. O ex-prefeito tem uma história de grande contribuição ao município”.

O prefeito disse que jamais usaria o julgamento do ex-prefeito como estratégia para tirá-lo do processo eleitoral em 2020, já que na eventualidade da Câmara rejeitar as contas de Daltro, acompanhando o parecer do TCE, ele ficaria inelegível por 8 anos com base na lei da ficha limpa. “Se ele eventualmente entrar na disputa, não há nenhum problema. A palavra final, sempre será do povo”, destacou.