Saúde leva até 104 pacientes para procedimentos oftalmológicos na Capital

104 pacientes passarão por consultas e procedimentos cirúrgicos oftalmológicos no Hospital Regional.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Nélio Paim, os atendimentos foram agendados pelo sistema de regulação - Foto: Vanderi Tomé/Região News

A partir desta segunda-feira, dia 17 até o próximo dia 01 de julho, 104 pacientes de Sidrolândia passarão por consultas e procedimentos cirúrgicos oftalmológicos no Hospital Regional em Campo Grande, em mais uma etapa da Caravana da Saúde. Os pacientes embarcarão ainda de madrugada, em veículos da Secretaria Municipal de Saúde, para que sejam atendidos na Capital a partir das 6 horas da manhã.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Nélio Paim, os atendimentos foram agendados pelo sistema de regulação para atender uma demanda reprimenda para consultas mais especializadas e procedimentos cirúrgicos a lazer, em que não há necessidade de anestesia geral.

Serão 11 consultas diárias entre os dias 17 e 24 (com exceção de quinta e sexta-feira, feriado, sábado e domingo). De 25 de julho a 1º de julho, serão 10 consultas por dia. Os pacientes, conforme a indicação clínica, vão ter tratamentos cirúrgicos; capsulotomia YAG Laser; facoemulsificação com implante de lente e tratamento cirúrgica de pterígio.

O que é capsulotomia YAG laser?

A capsulotomia YAG Laser é uma técnica cirúrgica que visa tratar a opacificação da cápsula posterior do cristalino com segurança, eficácia e sem dor. A capsulotomia posterior com yag laser é realizada na capsula posterior do cristalino quando esta está opacificada. Habitualmente, a opacificação da cápsula posterior ocorre como uma complicação da cirurgia de catarata.

O que é pterígio?

O pterígio é uma degenerescência da conjuntiva límbica que cresce sobre a superfície da córnea em direção à pupila. Por esta razão, muitas vezes, os doentes referem-se ao pterígio como uma espécie de “carne crescida nos olhos” ou simplesmente, “carne nos olhos” (veja fotos acima).

O pterígio no olho é uma lesão que geralmente cresce lentamente ao longo da vida. Pode, inclusivamente, até parar de crescer em determinada altura. Em casos avançados, o pterígio pode crescer de tal maneira que cobre a pupila e interfere com a visão.

O pterígio ocular pode variar desde uma lesão pequena a lesões grandes, agressivas ou fibrovasculares que podem distorcer a topografia da córnea e em casos avançados podem ocluir o centro ótico da córnea.

Trata-se de uma doença que afeta, geralmente, as pessoas que passam muito tempo ao ar livre, expostas ao vento e ao sol, podendo afetar um ou ambos os olhos (pterígio bilateral).

O pterígio não é, normalmente, um problema grave. Pode, no entanto, provocar alguma sintomatologia e sinais bastante desagradáveis.