Idosa de 87 anos foi a segunda vítima fatal da gripe influenza em Sidrolândia

A primeira vítima fatal da doença residente em Sidrolândia, foi um bebê de 5 meses.

Campanha de vacinação contra a gripe — - Foto: Agência Brasil/Divulgação

Com a morte de uma idosa de 87 anos, no último dia 26, Sidrolândia registrou a segunda morte neste ano causada pela gripe influenza.

A primeira vítima fatal da doença residente em Sidrolândia, foi um bebê de 5 meses que chegou a ser internado no Hospital Elmiria Silvério Barbosa, foi transferido para Campo Grande, onde acabou falecendo.

Segundo aponta boletim epidemiológico divulgado hoje (7) pela Secretaria Estadual de Saúde, de janeiro até esta quarta-feira, gripe matou 53 pessoas em Mato Grosso do Sul.

Boletim também traz uma correção. Morte de um homem de 59 anos, ocorrida no dia 14 de junho, foi atribuída inicialmente a cidade de Bonito, mas o homem era morador de Bela Vista. Desta forma, Bonito não tem vítimas de gripe no ano.

Com os 53 óbitos ocorridos neste ano, Mato Grosso do Sul tem 20 vítimas de gripe a mais do que o registrado em todo o ano passado, quando doença vitimou 33 pessoas. Notificações de casos somam 1.246 no ano.

Outros municípios que tiveram vítimas de gripe neste ano são Três Lagoas (6), Aquidauana (3), Ponta Porã (3), Rio Verde de Mato Grosso (2), Dourados (2), Nioaque (2), Inocência (1), Porto Murtinho (1), Mundo Novo (1), Água Clara (1), Naviraí (1), Inocência (1), São Gabriel do Oeste (1), Ribas do Rio Pardo (1) e Deodápolis (1). *Com informações Correio do Estado.