Para Sampaoli, expulsão no início foi determinante para derrota do Santos

Treinador avalia desempenho do Peixe em revés para o Cruzeiro por 2 a 0, no Mineirão.

Jorge Sampaoli, técnico do Santos, durante a derrota para o Cruzeiro — - Foto: Douglas Magno/BP Filmes

O técnico Jorge Sampaoli afirmou que a expulsão do zagueiro Gustavo Henrique no primeiro lance do jogo entre Cruzeiro e Santos foi determinante para a derrota do Peixe, por 2 a 0, no Mineirão.

Em entrevista coletiva após a partida, o treinador disse que perder o zagueiro logo no início da partida deteriorou seu plano de jogo. Além disso, o argentino ainda deu méritos ao Cruzeiro pelo estilo de jogo proposto.

– O plano se deteriorou e tivemos que fazer modificações para tentar protagonizar com um jogador a menos. O time adversário era muito inquieto dentro de campo e causou um jogo muito difícil para nós – afirmou.

Mesmo com a derrota, o Santos permanece na liderança do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos, dois a mais que o vice Flamengo e o terceiro colocado Palmeiras.

Contudo, para manter a liderança, Sampaoli explicou que o Santos precisa reencontrar o bom futebol – o Peixe acumulou duas derrotas seguidas no Brasileirão.

– Temos que reencontrar a forma de jogo que nos trouxe a esse lugar. Jogar para frente e protagonizar dentro e fora de casa. Temos que ter força para reagir em jogos onde saímos perdendo como hoje.

Pará

Sampaoli também comentou a estreia do lateral-direito Pará. O jogador entrou aos oito minutos por conta da expulsão de Gustavo Henrique, mas foi substituído no intervalo após ter uma atuação ruim.

No entanto Sampaoli não atribuiu sua substituição ao desempenho, mas sim a uma necessidade de mudar o estilo de jogo.

– Lamentavelmente tivemos que tomar a decisão de sacar um jogador que havia entrado há pouco tempo (Pará) para modificar a forma de jogar e tentar reverter o resultado.

O Santos volta aos treinos já na manhã desta segunda-feira. O elenco do Peixe trabalha no CT do Atlético-MG e retorna à Baixada Santista no período da tarde. O próximo compromisso do Peixe é no domingo, diante do Fortaleza, na Vila Belmiro.