PRF doa veículo, detector de metal e raio-x ao sistema penitenciário de MS

Agepen vai receber quatro aparelhos de raio-x e dez detectores de metais, além de três viaturas.

Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande será reforçada com uma viatura - Foto: Henrique Kawaminami

A superintendência regional da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Mato Grosso do Sul doou equipamentos e veículos para a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

O extrato de doação foi publicado no DOU (Diário Oficial da União). Conforme o texto, a Agepen vai receber quatro aparelhos de raio-x e dez detectores de metais. Os instrumentos faziam parte do patrimônio da polícia rodoviária.

Segundo a Agepen, os equipamentos ainda não têm destinação definida. Os aparatos doados passarão por análise técnica de funcionamento.

A PRF ainda repassou três veículos ao sistema penitenciário do Estado. Foram doados uma caminhonete Nissan Frontier modelo 2013, um Fiat Linea Essence 2012 e um Ford Fiesta Sedan 2012. Juntos, os automóveis valem R$ 118,5 mil, conforme consulta aos valores atualizados na Tabela Fipe.

A Agepen revelou que uma das viaturas será destinada à Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande. As outras duas servirão ao Cope (Comando de Operações Penitenciárias), grupo tático criado em 2017 e formado por agentes penitenciários especializados em ações de intervenção, escolta de presos e revistas de segurança nos presídios estaduais.

O superintendente da PRF no Estado, Luiz Alexandre Gomes da Silva, e o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, assinam o extrato de doação.