Delcidio elogia iniciativa de Gerson e diz que gás pode alavancar desenvolvimento de Sidrolândia

Na avaliação do ex-senador, há mercado para o gás natural e já está previsto no plano de expansão da MS-Gás.

Ex-senador Delcidio do Amaral enalteceu a iniciativa do deputado estadual Gerson Claro - Foto: Marina Pacheco

Engenheiro elétrico, com passagem pela Petrobrás e a Shell, o ex-senador Delcidio do Amaral, enalteceu a iniciativa do deputado estadual Gerson Claro, que vem defendendo a implantação de um ramal para atender Sidrolândia com o gás natural importado da Bolívia.

“O gasoduto trouxe uma riqueza que Mato Grosso do Sul ainda não aproveitou. A única coisa que viabilizou foram as termoelétricas de Campo Grande e Três Lagoas, da minha época como secretário. O gasoduto pode proporcionar produção de gasolina, diesel, de amônia e ureia para agricultura, gás de cozinha, além de eteno (que é a matéria-prima do plástico). É preciso ter vontade política para instalar, por exemplo, uma separadora", comentou Delcidio, na entrevista que concedeu ao radialista Nelson Feitosa, da Jota FM.

Na avaliação do ex-senador, há mercado para o gás natural e já está previsto no plano de expansão da MS-Gás, um ramal do gasoduto para Dourados, passando por Sidrolândia e Maracaju. “O projeto estava esquecido e o Gerson Claro, ressuscitou a proposta, de forma muito competente”. O ex-senador garantiu, na mesma entrevista, que pretende voltar a disputar o Governo do Estado em 2022.