Válvula se rompe, cilindro de oxigênio pega fogo e hospital infantil é evacuado

Pacientes que precisavam de oxigênio estão com equipamento portátil.

Hospital Infantil São Lucas foi evacuado, mas já voltou aos atendimentos normalmente - - Foto: Álvaro Rezende/ Correio do Estado

Rompimento de uma válvula de um cilindro do sistema de oxigênio do Hospital Infantil São Lucas, em Campo Grande, causou um pequeno incêndio e a unidade precisou ser evacuada, na manhã deste domingo (16). Uma capa de plástico que cobria os seis cilindros, que fica aos fundos do local, foi consumida pelas chamas e formou uma grande fumaça preta, que assustou os pacientes. 

Segundo o chefe de recepção da unidade, Felipe Marinho, não houve prejuízo para os pacientes que necessitam de oxigênio, que passaram a usar um equipamento portátil. Brigadistas do próprio hospital contiveram o fogo com uma mangueira de água e extintores, mas o Corpo de Bombeiros foi chamado para fazer o rescaldo. 

O alarme de incêndio foi acionado e as pessoas que estavam dentro do local, evacuadas sem tumulto. Conforme Marinho, não havia pacientes em estado grave no local, o que facilitou a retirada dos enfermos. 

Ainda não há informações sobre o motivo da válvula ter se rompido, mas os bombeiros e a empresa proprietária dos cilindros irão inspecionar o equipamento. De acordo com Felipe, a empresa vai de quatro em quatro dias trocar as válvulas e fazer a manutenção. O atendimento na unidade de saúde já foram restabelecidos.