(67) 3272-6466

 

Noticia de: 27 de Setembro de 2011 - 07:45

Médico nega negligência e diz que broncoaspiração pode ser causa da doença

O médico nega as informações e de que tenha havido negligencia. Ele diz que a criança deve ter morrido de broncoaspiração






 

M
Foto: Douglas Amaral/Cidades MS


 
0
0
 

O clínico geral Renato Lima, que atendeu Yan Otílio Dutra ontem pela manhã no centro de saúde 24 horas, garante que prestou o atendimento adequado conforme o estado de saúde que a criança apresentava. O bebê de um ano e dois meses morreu na manhã desta segunda-feira (26) e a mãe da criança, Angélica Silva Dutra, suspeita que tenha havido negligência.

O médico nega as informações de que tenha havido negligencia. Ele diz que a criança deve ter morrido de broncoaspiração, “entrada de substâncias estranhas nas vias aéreas inferiores” que pode ocasionar diversos tipos de pneumonia, dependendo da natureza e quantidade do que foi aspirado.

Horas após o atendimento, a criança veio a óbito enquanto dormia. A mãe acusa o médico de negligência por não ter encaminhado seu filho, ainda no domingo, quando recebeu os primeiros atendimentos, para o hospital onde pudesse passar por exames mais detalhados e provavelmente ficar internado.

O médico disse na delegacia que a criança não apresentava um quadro clinico que necessitasse de internação ou exames mais detalhados. Para ele, o fator mais agravante era o febril. “Mediquei e fiz os exames de praxes em casos como estes”, afirma.












Marcos Tomé/Flavio Paes


Reportar Erros



 
 
.
EDUCAÇÃO

Fundect apoia programa de educação tutorial nas universidades
EDUCAÇÃO

Termina amanhã prazo para escolas se inscreverem na Olimpíada de Matemática
CHAPADÃO DO SUL - MS

Vereadores solicitam apoio da Agraer para Assentamento de Chapadão do Sul
PARANHOS-MS

<B>Professores indígenas de Paranhos participam de capacitação na FAIND/UFGD em ...
 
 
  • Notícias
  • + Lidas







© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING