(67) 3272-6466

 

Noticia de: 02 de Agosto de 2013 - 09:31

Procurador volta a Quebra Coco para confirmar acordo sobre a venda de cana da usina

Ontem os advogados da empresa e o procurador estiveram no Tribunal Regional do Trabalho quando apresentaram a proposta ao desembargador Ricardo Zamboni.




 

Foto: Natalício Mello/Região News

 

O procurador do Trabalho, Paulo Douglas Almeida, voltará hoje ao Distrito de Quebra Coco para uma nova reunião com o ex-funcionários da Usina de Santa Olinda, quando vai detalhar a homologação do acordo firmado com a empresa, pertencente ao empresário José Pessoa Bisneto, pelo qual metade da receita obtida com a venda das 120 mil toneladas de cana que se espera colher nos 7 mil hectare lavoura da indústria. Os trabalhadores aprovaram a proposta de acordo numa assembleia na última quarta-feira.

Com base na projeção que se obtenha em média R$ 20,00 por tonelada (valor que se atingirá após os descontos dos custos de frete e colheita) a estimativa e que haja uma receita de R$ 1,2 milhão para o pagamento de salários, férias e 13º em atraso de aproximadamente 400 trabalhadores que foram demitidos quando estavam há três meses sem receber.

Ontem os advogados da empresa e o procurador estiveram no Tribunal Regional do Trabalho quando apresentaram a proposta ao desembargador Ricardo Zamboni.   Como relator do mandado de segurança impetrado pela empresa, o desembargador concedeu liminar suspendendo a decisão do juiz da 7ª Vara do Trabalho, Renato Myazato, que proferiu sentença favorável aos trabalhadores, determinando o arresto (o seqüestro) para o pagamento dos direitos trabalhistas, do lucro com a venda da cana.

O desembargador aceitou intermediar o entendimento, mas recomendou que seja homologado junto a vara de primeira instância, onde tramita a ação civil movida pela procuradoria.

O acordo chegou a ser ameaçado porque os advogados da empresa não aceitaram em princípio a proposta dos trabalhadores de fiscalizar, por meio de três comissões de ex-funcionários, a colheita e venda da cana, com direito a remuneração pelo serviço que deve se estender até novembro, que é o tempo previsto para terminar a colheita.  A tarde em nova rodada conversação chegou-se ao entendimento.

Na realidade, se os trabalhadores não aceitassem esta proposta eventuais lucros com a venda da cana, a empresa, teoricamente, poderia se apropriar de toda a receita, a menos que a Procuradoria do Trabalho, com um recurso de agravo, consiga derrubar a liminar do desembargador Ricardo.

A empresa tem interesse no acordo, renunciando a metade do lucro e ao direito de recorrer da decisão do juiz de primeira instância, porque conseguirá abater o passivo trabalhista, facilitando possíveis negociações em torno de venda da indústria. Nesta decisão da 7ª Vara, os ex-funcionários além dos direitos trabalhistas, conseguiram uma indenização individual por danos morais de R$ 10 mil e coletiva de R$ 5 milhões.

Os trabalhadores que rejeitaram o acordo temem que seja mais uma manobra da usina para ganhar tempo no processo de recuperação judicial.  Entre as vozes  contrárias estão o ex-encarregado Assis Marques, demitido da empresa após 17 anos de serviço. Ele calcula que tem em torno de R$ 150 mil. “Só tenho R$ 12 mil  no  Fundo de Garantia e pelas minhas contas, em média cada funcionário vai receber R$ 3 mil  no rateio  da venda da cana, se é que vão aparecer interessados em comprar”.  “Estamos abrindo mão de uma sentença ganha”, avalia.

 










Flávio Paes/Região News


Reportar Erros




 
COMENTÁRIOS
Antes de escrever seu comentário Atenção! o Jornal Eletrônico Região News não irá manter no ar comentários ofensivos obscenos que vão contra a lei que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade, você poderá responder criminalmente por seu comentário !

 

Últimas Noticias Canal Municípios

.
25/07/2014 - 13:09  Com ágio de 23,56%, Prefeitura arrecada R$ 28 mil com venda de ônibus e veículos sucateados
25/07/2014 - 13:00  Adolescente desaparecida é entregue à avó pelo Conselho Tutelar
25/07/2014 - 11:00  Sem negociação, greve dos professores municipais segue nesta sexta
25/07/2014 - 10:44  MPE-MS vai apurar eventual nepotismo na prefeitura de Selvíria
25/07/2014 - 10:28  Polícia inicia busca por restos mortais de Eliza Samudio
25/07/2014 - 09:51  Anvisa proíbe venda de suplemento proteico para atletas
25/07/2014 - 09:35  Obras de duplicação da BR-163 são iniciadas em Mato Grosso do Sul
25/07/2014 - 09:00  Concluída 1ª etapa do frigorífico de peixes de Dourados
25/07/2014 - 08:31  Sidrolândia registra manhã mais fria do ano com temperatura abaixo dos 7°C
25/07/2014 - 07:48  Sesi lança nesta segunda-feira a 6ª edição da Volta das Nações
25/07/2014 - 07:17  Cade aprova compra de 49,99% da Rio Linhas Aéreas pelos Correios
25/07/2014 - 07:00  Meteorologia prevê mais frio e sem chuva nesta sexta-feira em MS
24/07/2014 - 16:52   Mulher se separa do marido por trabalhar demais e será indenizada
24/07/2014 - 15:34  Frio deve continuar até o início da próxima semana em MS, diz Inmet
24/07/2014 - 15:25  Inscrições para cursos técnicos seguem até amanhã
24/07/2014 - 15:17  Sesi inaugura sala de aula no canteiro da MRV na Capital para oferecer EJA aos operários
24/07/2014 - 14:51  Dourados tem o 5° mês de julho mais chuvoso dos últimos 35 anos
24/07/2014 - 14:10  Agetran fará blitz educativa no Dia do Motorista em Campo Grande
24/07/2014 - 13:18  Prefeitura faz nova licitação e retoma obras da UBS Capão Seco parada há 18 meses
24/07/2014 - 13:00  Prefeitura vai repassar R$ 750 mil mensais à Santa Casa
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Sidrolândia registra manhã mais fria do ano com temperatura abaixo dos 7°C

Leia mais


2

Mulher de 30 anos morre após receber descarga elétrica em Ivinhema

Leia mais


3

Inscrições para 2.200 vagas em 11 cursos gratuitos terminam nesta sexta-feira

Leia mais


4

Mulher é presa em flagrante transportando droga em duas malas na BR-060

Leia mais


5

Obras de duplicação da BR-163 são iniciadas em Mato Grosso do Sul

Leia mais








Enquete



© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING