Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 19 de Março de 2017 - 23:25

Prefeitura afronta Ministério Público, mobiliza pessoal e equipamentos para retirar entulho de construção particular

A fiscalização tem sido implacável inclusive com quem não deixou o entulho nas calçadas, mas num terreno vizinho, com a autorização do proprietário






 

A Prefeitura de Sidrolândia mobilizou na manhã desta sexta-feira funcionários, três caminhões e uma pá-carregadeira para retirar entulhos de uma construção numa área nobre da cidade, na Rua Rio Grande do Sul. Numa afronta ao Ministério Público, despejou todo o resíduo no lixão, que por determinação da Promotoria foi fechado no final do ano passado.

Toda a operação foi registrada em vídeo pela reportagem do Região News que flagrou a equipe trabalhando dentro da propriedade particular e depois acompanhou o descarte do material.

Foto: Região News

O curioso é que enquanto este contribuinte teve o apoio do poder público para dar uma destinação final ao entulho da sua construção, vários proprietários estão sendo autuados pelo setor de fiscalização da Prefeitura por deixar o material na calçada ou até mesmo dentro de terrenos particulares, enquanto o município não providencia uma nova área de descarte.

A fiscalização tem sido implacável inclusive com quem não deixou o entulho nas calçadas, mas num terreno vizinho, com a autorização do proprietário. Os fiscais não aceitam o argumento de que o material está fora do passeio público e que é mantido ali porque a cidade não dispõe de um aterro (seja público ou particular) aonde pudesse ser despejado.

Enquanto o dono da construção na Rio Grande do Sul se livrou do entulho, com o apoio do poder público, a mesma sorte não teve o proprietário de um imóvel em obras na Rua Goiás. Como as empresas de caçambas suspenderam suas atividades, ele não teve outra alternativa, a não ser deixar o material na calçada.

Foto: Região News

Proprietário de imóvel em obras na Rua Goiás teve que deixar o material na calçada.

As empresas que locam caçambas, estão praticamente há três meses sem prestar serviço e seus pátios lotados. Na Eldorado, por exemplo, há 24 caçambas, na Constru&Cia outras seis, todas carregadas de entulho porque não há um local onde o material possa ser descarregado.

O empresário Jair do Nascimento, do Eldorado, recorreu ao Ministério Público na tentativa de ser autorizado a descarregar pelo menos este entulho já recolhido. A Promotoria o aconselhou a procurar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente.








Flávio Paes/Região News


Reportar Erros



 
 
.
BRASIL

Com roteiros mais curtos, oferta de cruzeiros no Brasil volta a crescer neste ano
LOTERIAS

Novamente acumulada, Mega-Sena sorteia R$ 40 milhões amanhã
SIDROLÂNDIA - MS

<B>Capotamento na BR-060 deixa grupamento dos bombeiros sem viatura de combate a ...
BRASIL

Evaporação pode ser usada para produzir 70% da energia dos Estados Unidos, diz ...
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Bombeiros e funcionários levam mais de 7 horas para controlar incêndio em incubadora da Seara

Leia mais


2

Com licitação cancelada, semáforos da Dorvalino dos Santos só devem ser instalados em 2018

Leia mais


3

Capotamento na BR-060 deixa grupamento dos bombeiros sem viatura de combate a incêndio

Leia mais


4

Em visita surpresa, novo diretor do Detran reafirma promessa de instalar semáforos

Leia mais


5

Após perseguição a 200 km/h, PM atira 12 vezes e suspeito é ferido no rosto

Leia mais








© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING