Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 14 de Maio de 2017 - 18:31

Hamilton faz mágica com os pneus, vence na Espanha e cola em Vettel no campeonato

Britânico é superado por alemão na largada, mas ultrapassa o rival depois de paradas nos boxes. Felipe Massa teve pneu furado no início e terminou a prova em 13º






 

Hamilton faz mágica com os pneus, vence na Espanha e cola em Vettel no campeonato -
Foto: Getty Images


 
 

Foi emocionante, teve estratégia, teve briga por posição, batida e ultrapassagem ousada. Foi assim recheado de emoções que se desenrolou o GP da Espanha, vencido por Lewis Hamilton na manhã deste domingo, em Barcelona. O britânico largou na pole, mas foi superado por Sebastian Vettel na primeira curva. Só que a Mercedes apostou em uma estratégia diferente da rival italiana, o que deu a possibilidade do tricampeão superar o rival da Ferrari e não ser mais ultrapassado para conquistar a 55ª vitória da carreira.

A Vettel restou a segunda colocação, com Daniel Ricciardo completando o pódio. Felipe Massa, que largou em nono e chegou a ser sexto, acabou se chocando com Fernando Alonso na segunda curva. Com o pneu dianteiro esquerdo furado, se arrastou para os boxes e retornou em último, mas ganhou algumas posições e terminou a corrida em 13º.

A Ferrari tinha tudo o que precisava nas mãos para vencer. Teve um safety car que lhe ajudou, mas não contava com a evolução da Mercedes em ritmo de corrida e no gerenciamento de pneus. Com compostos macios, enquanto o rival alemão estava de médios, Hamilton usou a asa móvel para passar o adversário. Vettel seguiu tranquilo imaginando que Lewis não conseguiria completar 28 voltas com aquele composto. Ledo engano.

Não só britânico conseguiu fazer mágica ao administrar os pneus macios até o fim, como também fez a volta mais rápida da prova. De quebra, Vettel sofreu com os retardatários e não teve mais sequer a chance de brigar pela posição. Com o resultado, o piloto da Mercedes chega aos 98 pontos e cola no alemão, ainda líder, com 104 pontos.

A Fórmula 1 volta daqui a duas semanas, em Monte Carlo, com o GP de Mônaco. O primeiro treino livre será no dia 25 de maio às 5h (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV 2 e acompanhamento em Tempo Real aqui no GloboEsporte.com. A prova acontece na manhã de domingo, 28 de maio, às 9h, com transmissão ao vivo da TV Globo.

O pódio

Como foi largada?

Vettel largou muito bem, colocou por dentro e superou Hamilton logo na primeira curva, assumindo a ponta. Bottas, Verstappen e Raikkonen tentaram dividir o resto de pista, mas faltou espaço. Ferrari e Mercedes se tocaram. Pior para Raikkonen, que perdeu o controle e bateu em Verstappen. Com a suspensão quebrada, o Homem de Gelo precisou abandonar a corrida. Verstappen voltou para os boxes se arrastando, mas também precisou deixar a prova com problemas no carro. Bottas seguiu na pista em terceiro lugar.

Felipe Massa largou bem, chegou a ser sexto, mas se chocou com a McLaren de Fernando Alonso. O espanhol saiu da pista e o brasileiro acabou com um pneu furado e se viu obrigado a ir para os boxes. Depois da troca de pneus, Massa voltou em último e muito atrás dos adversários. Alonso seguiu na pista, mas caiu para o 14º lugar.

O que você precisa saber?

Apesar de não ter vencido a prova, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi eleito o piloto do dia pela performance no GP da Espanha.

Vandoorne fez besteira ao se chocar com Massa, e ficou muito desapontado por quebrar a suspensão do carro e ter de abandonar a prova. Para piorar, ele ainda terminou punido pela direção de prova e vai perder três posições no grid no GP de Mônaco.

Pela quinta corrida seguida a Force India coloca seus dois pilotos entre os dez primeiros. Dessa vez, no entanto, foi ainda melhor. A dupla não só terminou entre os dez melhores, mas no top 5, com Pérez em quarto e Ocon em quinto.

Pascal Wehrlein, que sequer competiu nas duas primeiras corridas do ano, conseguiu mais um ótimo resultado. Com a Sauber equipada com motor Ferrari de 2016, o alemão terminou a corrida em oitavo, depois de andar boa parte da prova em sétimo. O seu companheiro mais experiente, Marcus Ericsson, terminou em 11º.

Momentos importantes da corrida

1. Magnussen e Sainz começaram a se estranhar logo após a largada, mas a situação esquentou ainda mais quando os dois foram para os boxes juntos. Ainda no pitlane, Sainz saiu primeiro, mas Magnussen jogou o carro à frente. O espanhol da STR tentou colocar de lado, mas acabou na grama. Apesar das reclamações de ambos os lados, os comissários de prova decidiram não intervir.

2. Depois de parar nos boxes pela primeira vez, Sebastian Vettel retornou atrás de Valtteri Bottas. O alemão perdeu um bom tempo atrás do finlandês da Mercedes tentando a ultrapassagem (vídeo 1). Mas depois de tanto insistir, conseguiu chegar na reta principal colado na traseira do rival, e em uma manobra espetacular colocou de lado para superar Bottas (vídeo 2).

3. Depois do incidente entre Vandoorne e Massa, o safety car virtual foi acionado para a retirada da McLaren da caixa de brita. Com isso, Lewis Hamilton foi para os boxes e voltou de pneus macios. Vettel aproveitou para também fazer nova troca e voltou de médios, fazendo a ordem inversa do britânico. Os dois se encontraram na saída do pitlane e a disputa pela ponta pegou fogo, com um leve toque entre os dois carros, mas com Vettel levando a melhor e segurando a primeira colocação.

4. O motor da Mercedes de Valtteri Bottas, o terceiro no momento, não aguentou o ritmo de prova e deixou o finlandês na mão, causando um princípio de incêndio. Os fiscais correram para controlar o fogo e o piloto saiu do carro sem ferimentos.

5. Mais rápido em função dos pneus mais macios, não demorou muito para que Lewis Hamilton superasse Vettel. A partir daí, fez mágica para poupar os pneus e levar o carro até ao fim. De quebra, ainda anotou a volta mais rápida com os compostos macios após quase 30 voltas.

Como foi a chegada?

Ao ser ultrapassado por Hamilton, Vettel não se desesperou por acreditar que o britânico seria obrigado a fazer nova parada. Contudo, foi surpreendido pela capacidade do rival de fazer os pneus durarem até o fim. O piloto da Ferrari tentou acelerar para brigar pelo primeiro lugar. Mas para piorar a situação do alemão, ele teve de enfrentar uma fila de retardatários que acabaram com a chance de alcançar o piloto da Mercedes.

A imagem da prova

Hamilton e Vettel se tocam em disputa ferrenha pelo primeiro lugar no GP da Espanha.

Sebatian Vettel e Lewis Hamilton Fórmula 1 GP da Espanha Ferrari 2017 (Foto: Getty Images)








Globo Esporte


Reportar Erros



 


 
.
ESPORTE

Etiene Medeiros é primeira brasileira campeã em mundial de natação
FUTEBOL

Balbuena iguala Romero e só perde para trio na artilharia do ano
FUTEBOL

Dener confia na classificação do Resende: "Temos totais condições de reverter"
BASQUETE

Cestinha do primeiro jogo-treino do Mogi, Rafa Moreira se diz surpreso com a torcida
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Jovem acusada de homicídio em 2015 durante festa no buracão vai a julgamento nesta sexta-feira

Leia mais


2

Auto Peças José divulga nota de esclarecimento sobre acidente na rotatória da Dorvalino

Leia mais


3

Grávida é espancada por marido no meio da rua que diz que dará surra sempre

Leia mais


4

Motorista fica preso nas ferragens de D10 após capotamento na MS-145

Leia mais


5

Polícia Federal cumpre mandados em escritórios da Capital nesta manhã

Leia mais








© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING