Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 19 de Maio de 2017 - 13:10

Dono da JBS diz que deu R$ 30 milhões para Cunha comprar deputados

Joesley Batista contou à PGR que dinheiro foi usado pelo deputado cassado na eleição da Câmara de 2015. Segundo empresário, peemedebista 'saiu comprando deputados Brasil a fora'.






 

O dono do frigorífico JBS Joesley Batista contou à Procuradoria Geral da República (PGR), em sua delação premiada, que deu R$ 30 milhões ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para bancar a campanha do peemedebista à presidência da Câmara, em 2015. Segundo o empresário, Eduardo Cunha – atualmente preso pela Lava Jato em Curitiba – "saiu comprando um monte de deputados Brasil a fora".

O novo delator da Operação Lava Jato afirmou ao Ministério Público que os R$ 30 milhões foram repassados ao ex-presidente da Câmara da seguinte forma:

  • R$ 5,6 milhões em doação oficial

  • R$ 12 milhões em dinheiro vivo

  • R$ 10,9 milhões por meio de pagamentos com notas frias

À época, o deputado do PMDB venceu a eleição interna da Câmara no primeiro turno, derrotando o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), que tinha o apoio dos articuladores políticos do governo Dilma Rousseff. Na ocasião, Cunha obteve 267 dos 513 votos da Casa, e Chinaglia, 136.

Joesley Batista contou detalhes do repasse de dinheiro ao deputado cassado ao ser questionado pelos procuradores da República sobre o valor que havia sido solicitado por Eduardo Cunha.

"R$ 30 milhões. Foi trinta. Nós demos trinta. Pago R$ 10 milhões com nota fria de fornecedores diversos que ele [Cunha] apresentava", explicou o delator.

"Pelo que eu entendi, ele [Cunha] saiu comprando deputado, saiu comprando um monte de deputados Brasil a fora. Para isso que servia os R$ 30 milhões", complementou.








G1


Reportar Erros



 


 
.
SUPREMO

Supremo proíbe municípios de cobrarem taxa de incêndio
POLITICA

Comissão considera lido parecer sobre reforma trabalhista após confusão
POLITICA

Câmara aprova MP do FGTS na primeira votação após início da crise
SIDROLÂNDIA - MS

<B>JBS doou R$ 57 mil para campanha de Daltro; quase 19% da contribuição que ...
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Estado economiza R$ 14 milhões na compra de 195 viaturas policiais

Leia mais


2

Estudo analisa quase 80 mil pessoas e identifica 52 genes ligados à inteligência

Leia mais


3

Quinta-feira deve ser de calor em MS e possibilidade de chuvas à tarde

Leia mais


4

Ciclista morre ao ser atropelado por caminhão roubado; condutor fugiu

Leia mais


5

Com depredação de ministérios e confronto, ato em Brasília reúne 45 mil pessoas

Leia mais








© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING