Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 11 de Julho de 2017 - 09:39

Vereador do PMDB se diz decepcionado com a política e não descarta renunciar mandato

Bastaram seis meses no parlamento municipal para se defrontar com a dura realidade econômica que o município atravessa.






 

Vereador Geosafá Pinto da Silva com o prefeito Marcelo Ascoli
Foto: Arquivo pessoal


 
Ao RN, Geosafá explica que só disputou uma das 15 cadeiras na Câmara porque tinha o entendimento de que faria um mandato popular em prol das comunidades mais carentes".
 

O segundo vereador mais votado nas eleições de 2016 em Sidrolândia, Geosafá Pinto da Silva, do PMDB, o “Fá”, se diz decepcionado com a política; não vê cenário favorável de melhora na economia e não descarta a possibilidade de renunciar mandato no Poder Legislativo. Eleito com 772 votos (3.26%), só ficou atrás do missionário Carlos Henrique Olindo, que obteve das urnas 778 votos (3.28%), diferença de 4 sufrágios.

Bastaram seis meses no parlamento municipal para se defrontar com a dura realidade econômica que o município atravessa, cenário bem diferente do desenhado em período eleitoral. Ao RN, Geosafá explica que só disputou uma das 15 cadeiras na Câmara porque tinha o entendimento de que faria um mandato popular em prol das comunidades mais carentes.

“O eleitor deposita em suas mãos, através do voto, a confiança de que você fará a diferença na vida dele. Coisas simples, como trocar uma lâmpada, por exemplo, (não que seja este o caso), mas há muitas demandas em diversos setores, seja na saúde, educação, estradas e até mesmo, situações mais complexas como; asfalto, especialidades médicas entre outros. O vereador não tem nenhuma autonomia, ao contrário dos deputados, não temos as chamadas emendas parlamentares”, desabafa.

O peemedebista cogita a possibilidade de renunciar porque, segundo ele, é cobrado diariamente pelo eleitor através de telefonemas, mensagens de whatsapp e principalmente nas redes sociais; obras e serviços, ações que dificilmente o Poder Executivo consegue atender em decorrência da falta de estrutura.

“O prefeito faz o que esta ao seu alcance. Não há milagres ou varinha mágica para resolver. O cidadão às vezes não vê desta forma, não entende e muitos, acabam se decepcionando com nosso trabalho. Penso em renunciar porque pra mim não esta sendo uma tarefa fácil. Sou simples, meu convívio é com pessoas de baixa renda que precisam de uma atenção especial do Poder Público", finaliza.

Composição

Caso leve adiante sua intenção de renunciar o mandato no segundo semestre, assumiria sua vaga o atual secretário de Saúde, Nélio Saraiva Paim Filho (PR), de 38 anos. “Nelinho”, como é conhecido, obteve 444 votos (1.87%), primeiro suplente da coligação “Renova Sidrolândia II”, junção do PMDB com o PR.

A segunda suplente da vaga é a ex-vereadora Rosangela Rodrigues, que seria convocada para assumir mandato, caso “Nelinho” decida permanecer na Saúde. Após exercer três mandatos consecutivos (2004/2008/2012), a advogada teve baixo desempenho eleitoral em 2016, se comparado com anos anteriores (obteve 360 votos), e não conseguiu se reeleger.









Marcos Tomé/Região News


Reportar Erros



 


 
.
POLITICA

TSE pede que governo mude início do horário de verão de 2018 devido às eleições
CAMPO GRANDE - MS

Marun se envolve em confusão após ser chamado de 'ladrão' em Campo Grande
MATO GROSSO DO SUL

<B>Após prisão de André, PMDB adia para dezembro definição sobre o futuro do ...
SIDROLÂNDIA-MS

<B>Ao tomar posse, Enelvo diz que sua principal bandeira é a defesa do homem do ...
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Governo fará leilão de 126 lotes de veículos com lances a partir de R$ 300,00

Leia mais


2

Horário especial do comércio depende de convenção coletiva que ainda não foi fechada

Leia mais


3

Polícia Militar apreende caminhão furtado em MT carregado com cigarro contrabandeado

Leia mais


4

Em Sidrolândia ,1.563 candidatos fazem domingo provas do Encceja

Leia mais


5

Implantação de terceira vara da Comarca de Sidrolândia é adiada para 2018

Leia mais








© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING