Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 14 de Julho de 2017 - 13:36

Procurador-geral ganha na Justiça e dependentes de políticos não podem ter pensão

Ação julgou legalidade de pensão para dependentes de políticos






 

O Órgão Especial do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) deu parecer positivo à ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) protocolada pelo Procurador-geral de Justiça, Paulo Passos. O Procurador-geral pediu o fim da pensão para dependentes de agentes políticos em Juti, distante 311 km de Campo Grande, dispositivo que é regulamentado pela lei orgânica do município.

Agora, conforme a assessoria do MPE-MS (Ministério Público Estadual) foram suspensos os pagamentos realizados, a título de pensão, e o dispositivo passa a ser considerado ilegal. O relatório é da desembargadora Tania Garcia de Freitas Borges.

“De acordo com a Procuradoria-Geral de Justiça a Constituição Estadual deixa claro que não pode ser instituída pensão por morte à viúva e dependentes de agentes políticos que exercem mandato eletivo, com base em critérios diferenciados, devendo ser respeitado o regime de previdência contributivo, evitando que o município arque com despesas indevidas e se transforme em instituto previdenciário em benefício de agentes políticos que nunca contribuíram para previdência social”, explica a assessoria do MPE-MS.









Midiamax


Reportar Erros



 


 
.
POLITICA

Sem quórum, Câmara adia leitura de nova denúncia da PGR contra Temer
POLITICA

Câmara recebe nova denúncia da PGR contra Temer; presidente será notificado
SUPREMO

STF rejeita pedido de Temer para suspender envio da denúncia à Câmara
POLITICA

Maia: aliados não podem 'ficar levando facada nas costas' de ministros e do PMDB
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Hoje inauguração da Bulldog a partir das 18h

Leia mais


2

Namorada de Marcelo Rezende quebra o silêncio e faz pedido comovente

Leia mais


3

Esquema de pirâmide usava moeda virtual, ostentação e até Neymar

Leia mais


4

Ex-cirurgião plástico que esquartejou amante é encontrado morto em casa

Leia mais


5

Decidiu morrer para manter gravidez. O bebé morreu 14 dias depois de nascer

Leia mais








© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING