Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 15 de Julho de 2017 - 07:27

Cientistas criam coração de silicone que bate como o humano

26 milhões de pessoas com problemas cardíacos






 


Foto: Reprodução


 
 

Existem no mundo cerca de 26 milhões de pessoas com problemas cardíacos, mas o número de doadores não consegue suprir os transplantes necessários. Pensando nisso, cientistas do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, na Suíça, usaram a tecnologia de impressão 3D para criar um coração de silicone que funciona como o humano, que no futuro pode salvar a vida de pacientes.

"O nosso objetivo é desenvolver um coração artificial que tenha praticamente o mesmo tamanho do órgão do paciente e que imite o coração humano o mais próximo possível em forma e função", disse Nicholas Cohrs, estudante de doutorado que desenvolveu o coração artificial.

Diferente dos corações artificias existentes, o desenvolvido por Cohrs é oco e macio, características possíveis pela aplicação da impressão 3D. Dessa forma, foi possível recriar s ventrículos esquerdo e direito, assim como um coração humano, mas eles não são separados pelo septo interatrial, mas por uma câmara adicional, capaz de bombear o sangue, substituindo a contração muscular. "É um monobloco de silicone com estrutura interna complexa", explicou Cohrs, sobre a réplica do órgão que pesa 390 gramas com volume de 679 centímetros cúbicos.

O coração foi descrito no periódico “Artificial Organs”. Os pesquisadores demonstraram ainda que o coração de silicone é funcional. Nos testes, o órgão artificial foi capaz de bombear um líquido similar ao sangue humano, mas o material suporta apenas 3 mil batidas, o que corresponde a apenas meia hora de funcionamento. Depois disso, o material não é mais capaz de manter a pressão.

"Este foi apenas um teste de viabilidade", ponderou o pesquisador. "Nosso objetivo não era apresentar um coração pronto para ser implantado, mas pensar numa nova direção para o desenvolvimento de corações artificiais."

Agora, o próximo passo é fortalecer o material e a performance, para que ele dure por mais tempo. A ideia é que o coração de silicone seja usado como uma ponte, entre a falência do órgão do paciente e um transplante.

 









Exame/DA


Reportar Erros



 


 
.
COMPORTAMENTO

Papa anuncia fim da possibilidade de recurso para padres que cometem abusos
MUNDO

O que aconteceu com o menino Saleem, cuja imagem chocou o mundo?
MUNDO

Mochileiro mineiro registra pós-terremoto com drone no México: 'vontade de chorar'
MUNDO

OIT: 152 milhões de crianças foram vítimas de trabalho infantil em 2016
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Major Jidevaldo vai assumir o comando da Polícia Militar em Sidrolândia

Leia mais


2

Primavera chega à tarde trazendo chuvas no fim de semana em MS

Leia mais


3

Advogado Antônio Mariz de Oliveira afirma que deixará a defesa de Michel Temer

Leia mais


4

Caminhonete fica destruída após condutor desviar de carro e bater em árvore

Leia mais


5

Incêndio em MS destrói 1,3 mil hectares de plantação de eucalipto e área de preservação

Leia mais








© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING