Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 24 de Junho de 2021

Artigos

Bastidores da política sul-mato-grossense "AMPLAVISÃO 950"

Manoel Afonso

23 de Agosto de 2013 - 16:49

‘DEVÓTOS’ Os políticos mais parecem baratas no açucar: ‘vorazes’. Exemplo: Vereadores de Bonito torraram R$36.034,00 em ‘viagens’ à Brasília, mas o TCE rejeitou o papo de que ‘teriam ido agilizar verbas da Gruta N. S. Aparecida’.

A FESTA  Criatividade não falta para não se devolver verbas ao Executivo: notas de publicidade, hotéis, restaurantes, assessoria técnica e combustíveis. Sem contar as famosas sessões extraordinárias em período de recesso parlamentar.

DESAFIO  Mudar o quadro como?  Faltam políticos e partidos com bandeira e posição visíveis na ação de seus representantes. Partido virou empresa, aberto a bons negócios e os políticos são como lambaris: deslizam com uma facilidade admirável.

É PENA! Os aprendizes interioranos tem como referência raposas do cenário “ Se o Sarney, a Dilma e o Renan podem...” Os partidos viraram geleia geral, na base de cargos e vantagens e aí não se pode esperar que eles atraiam idealistas.   

SIAMESES PT-PMDB-PSDB têm mais identidade que divergências, inclusive no marketing cansativo. Todos eles já mostram esgotamento de propósitos, desistindo de pensar, atrelados apenas as tais pesquisas quantitativas e qualitativas.

PASME!  Essa última propaganda do PTB na TV, por exemplo, passa a imagem falsa de que é diferenciado, ligado a matriz ideológica.  Ora! É mais um partido que trocou a bússola pela biruta, onde o vento das conveniências dita o rumo a seguir.

A FIGURA de Benito Gama naquele programa mostra isso. Velha raposa,  ex- pupilo de ACM, trocou de partido várias vezes e ‘ganhou’ agora a vice-presidência do Banco do Brasil. Esse pessoal é assim, consegue se adaptar a qualquer situação.

CONCLUSÃO: Reféns do marketing, os partidos viraram artigos com embalagem parecida: só imagem de moderninhos, vendem ilusões, mentiras leves. Ora bolas! Os marqueteiros exageraram misturando propaganda de xampu com política.

‘BELEZA’  A união Lula e Maluf já foi digerido pelo eleitor dentro deste ‘script’. Mas outras pérolas estão por vir. Esse namoro local  PT - PSDB mostra que os partidos perderam a significação, igualaram-se, confundiram-se ao longo da estrada.

A PROPÓSITO Foi a ex-primeira dama Ruthi Cardoso que incentivou a implantação do Bolsa Família. Antropóloga, defendeu os estudos e critérios que culminaram com as demarcatórias indígenas que Azambuja vem criticando com autoridade.  

DESAFIO Juntar tucanos e petistas, unificando o voto e ignorando o quadro nacional é difícil. Além do mais Zeca é contra o acerto , a exemplo da turma do agro-negócio. É  muito cedo, mas o exercício da especulação vai ganhando musculatura.

E MAIS... Como amainar essa polêmica de formação de cartel pelos tucanos no metrô  paulistano, com o PT botando lenha na fogueira? Os petistas só faltam falar: “vocês viram! Não estamos sozinhos em matéria de safadeza e ladroagem.”

FIGUEIRÓ Tanto nas reuniões tucanas como na cúpula nacional sua influência vai ganhando espaço. Além do mais, vem se firmando como interlocutor do partido junto ao governador André. É aquela história: experiência e credibilidade contam muito.

NO NINHO As diferenças entre Serra, Aécio e Alckmin expostas na mídia mostram um partido desunido e sem saber tirar vantagem do desgaste do PT com o Mensalão.  Além do risco de debandada, não atrairá eventuais aliados para 2014.  

PROJETO  Lauro Davi quer Moacir Kohl (PSB) candidato à Câmara em 2014,  para reintegrá-lo ao quadro político. Mas Sergio Assis, também postulante ao cargo é contra. Vale lembrar que o atual prefeito de Coxim, é sobrinho de Serginho.

BARBARIDADE  4 mil médicos cubanos. 4 mil cabos eleitorais do PT em 2014 pagos por nós. Em Cuba cada um ganha 27 dólares e neste caso Fidel embolsará a diferença dos R$10 mil  do salário pago pelo Planalto.  É a cubanização da medicina.

EMBATE A opinião pública segue atenta a possibilidade da Câmara cassar o mandato do prefeito Bernal. É que pelo Decreto Lei 206/67, qualquer cidadão pode ingressar  com esse pedido junto à presidência do Legislativo Municipal. É aguardar.

A HORA A Câmara continuará apenas ‘sangrando’ Bernal em processo lento? Aí corre o risco de se desgastar e ficar desacreditada. Para os observadores o conjunto dos fatos  nos depoimentos e documentos habilita o pedido de cassação. Dá ou desce.

FAÇANHA Nem tudo está perdido. Ainda bem! Existem muitos jovens pensando no futuro. Foi  o que observei na Semana do Jovem Empreendedor ocorrido na AL. Galerias lotadas por gente nova interessadíssima em ouvir os palestrantes.

DIVIDENDOS  Promotor do evento, o deputado Marcio Fernandes diz que no futuro esses jovens – já estabilizados no mercado – poderão participar ativamente da vida pública partidária, numa espécie de oxigenação de ideias e posturas. Bom.

POLÍCIA Em casa esquina ouve-se histórias de arrepiar sobre o assassinato do ex-delegado Magalhães. Não sou da área, nem pretendo nela adentrar. Mas nesta província de MS  casos como esse – costumam dormir na gaveta. Segue a galopeira.

ALERTA Bancos encurtando o crédito,  juros altos, inadimplência em alta,  balança comercial deficitária,  dólar disparado e vem aí o aumento dos combustíveis. Para o brasileiro ajuizado é hora de se ajustar. Quem avisa, amigo é.