Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Artigos

Por Marcio Silva: “15 de Dezembro, o dia D

O poder emana do povo e a democracia prevalece sempre

Marcio Silva

19 de Dezembro de 2010 - 23:08

Por ironia do destinou ou algo do gênero, o dia 15 de dezembro, que por sinal é um numeral que representa sorte ao prefeito Daltro Fiúza por ser do PMDB – (15), desta vez, trouxe azar, desarmonia e uma série de fatores negativos ao seu governo.

Esta data (15/12) ficara registrada na história política do município como o dia D. O dia em que aos olhos de uns, a democracia prevaleceu, e aos olhos de outros, a briga pelo poder venceu a razão. O fato é que não se pode negar a legitimidade do voto e a liberdade de escolha, porém, compromissos firmados são feitos para serem cumpridos.

15 de dezembro, 15 da liberdade de uns e tristeza de outros. 15 que representa a soberania do povo ou a opressão do poder. São tantos quinzes que fica difícil classificar após tantos desempregados, se o 15 do executivo é melhor ou pior que o 15 da data em que aquele que se opôs aos seus pensamentos, foi eleito para chefiar o legislativo.

Conclusão

Para o bem da verdade é público e notório que o legislativo representa o povo no poder, são os vereadores os legítimos defensores da população, por esta razão, que Deus de sabedoria e discernimento aos nobres parlamentares para realizarem um trabalho a contento e esperado pela sociedade.

Ao chefe do executivo fica a lição: O poder emana do povo e a democracia prevalece sempre. O ato democrático é o direito de ir e vir sem ser molestado e cima de tudo, o de construir seu próprio destino assim como o senhor construiu sua história.

Encerro meu pensando com uma celebre frase de Nicolau Maquiavel (reconhecido como fundador do pensamento e da ciência política moderna). O fim justifica os meios.