Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 27 de Setembro de 2020

Coronavírus

MS tem desaceleração no número de casos de Covid e pode participar de testes

Nesta quinta foram confirmados 701 novos casos de infectados com o coronavírus. A média móvel dos últimos 7 dias caiu para 638,7 registros por dia.

G1

10 de Setembro de 2020 - 13:05

Secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende — Foto: Reprodução/G1 MS

A pandemia da Covid-19 está desacelerando em Mato Grosso do Sul. A afirmação foi feita pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, nesta quinta-feira (10). Segundo ele, a situação é perceptível no número de casos novos que são registrados diariamente e na diminuição da taxa de ocupação de leitos clínicos e de terapia intensiva (UTI’s).

Nesta quinta foram confirmados 701 novos casos de infectados com o coronavírus. A média móvel dos últimos 7 dias caiu para 638,7 registros por dia. Desde o início da pandemia o total de pessoas que contraíram a doença chegou 56.046.

Já a taxa de ocupação de leitos clínicos no estado está em 33% e de UTI em 54%. Em Campo Grande o índice de ocupação das unidades de terapia intensiva disponibilizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) também recuou. O índice agora é de 69%.

O secretário atribuiu esses resultados a unidade construída entre o governo e as prefeituras para o enfrentamento da doença. Ressaltou, no entanto, que a Covid-19 ainda não foi vencida e que não se pode afrouxar as medidas de isolamento social e de higiene. Lembrou que em várias partes do mundo onde isso ocorreu, a doença voltou e muito forte.

Ele afirmou que somente vai haver segurança absoluta quando uma vacina estiver disponível. Aproveitou a revelou que o governo do estado está conversando com algumas instituições que pesquisam o desenvolvimento dessas vacinas, para que os estudos sejam realizados também em Mato Grosso do Sul.

Resende comentou que acredita que na próxima semana já poderá anunciar essas parcerias.

O boletim epidemiológico da Covid-19 divulgado hoje confirmou mais 17 mortes provocadas pela doença em Mato Grosso do Sul. Com esses óbitos, o estado contabiliza 1.024 vidas perdidas para a doença.

Dos casos confirmados, 5.742 são considerados ativos. Desse total, 5.252 estão em isolamento domiciliar e 490 estão internados, sendo 232 em leitos de UTI.

Em contrapartida, o percentual de pessoas recuperadas subiu para 87,9%, totalizando 49.280 curados.

Conforme o governo do estado, Mato Grosso do Sul tem 1.303 amostras de testes da Covid-19 na fila do Laboratório Central (Lacen) em Campo Grande e em instituições parcerias. Além disso, os municípios têm 2.701 casos suspeitos em aberto. Desde o início da pandemia o estado já aplicou 226.107 testes para a doença.