Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 29 de Novembro de 2020

Eleições 2020

Pesquisa IPR mostra Enelvo e Moacyr com maior índice de rejeição

Flávio Paes/Região News

29 de Outubro de 2020 - 10:13

Candidatos, Enelvo Felini e Moacyr Almeida, aparecem tecnicamente empatados com maior índice de rejeição. Fotos: Reprodução/Facebook

A pesquisa do IPR (Instituto de Pesquisa Resultado) sobre intenção de voto para prefeito de Sidrolândia mostra que dois candidatos, Enelvo Felini e Moacyr Almeida, aparecem tecnicamente empatados com maior índice de rejeição. Conforme os números na amostra, 29,12% dos entrevistados descartaram a possibilidade de votar em Enelvo, 28,24%, em Moacyr Almeida.

Daltro Fiuza, candidato do MDB, que aparece em primeiro lugar com 45,29%, tem o menor índice de rejeição entre os três candidatos, com 10,88%. Também foram identificados um percentual de 12,06% dos eleitores que dizem vão anular ou votar branco, portanto, não querem votar em nenhum dos candidatos e 15,88%, preferiram não se manifestar.

Para vencer a eleição, Enelvo terá o duplo desafio de reduzir esta rejeição (que é equivalente ao das suas intenções de voto, 29,12%) e atrair a maior parte dos eleitores que se declaram indecisos (16,47%). Numa conta simples, se todo este contingente migrasse em massa para o candidato do PSDB, ele empataria com o seu adversário direto (45,59 a 45,29%).

A distribuição geográfica desta rejeição - entre zona urbana e rural – reproduz em sentido inverso a maior aceitação dos candidatos. A pesquisa mostra que nos assentamentos, aldeias e distrito de Quebra Coco, locais que Daltro tem 48%, enquanto Felini tem 23%, a rejeição do candidato do PSDB, chega a 36%, Moacyr (que tem 4% das intenções de voto), tem 20% de rejeição, enquanto Fiuza só é rejeitado por 8% dos entrevistados.

Na zona urbana, onde Daltro tem 42%, Enelvo 35% e Moacyr Almeida, 4%, a pesquisa mostra o seguinte cenário de rejeição: quem lidera a rejeição é o candidato do Patriota, com 36%, 23% dos entrevistas disseram que não votariam em Enelvo e 14%, em Daltro Fiuza; 10% disseram que não rejeitam dos candidatos, 4% votarão em branco ou anularão o voto e 13% preferiram não se manifestar.

A pesquisa IPR foi registrada na Justiça Eleitoral: MS-09207/2020 e foi realizada entre os dias 23 e 24 de outubro. Foram feitas 304 entrevistas e estima-se uma margem de erro máxima total de 5,3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando-se um nível de confiança de 95%. A amostragem, abrangeu zona urbana e rural, levando em conta o perfil socioeconômico e demográfico de Sidrolândia.