Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 19 de Julho de 2024

Eleições 2022

Em Sidrolândia, votação de Gerson cresce 61,11% e a de Enelvo despenca em 52,49%

Gerson Claro (PP) conseguiu aumentar em 61,11% sua votação em Sidrolândia se comparado com o desempenho de 2018.

Redação/Região News

02 de Outubro de 2022 - 22:55

Em Sidrolândia, votação de Gerson cresce 61,11% e a de Enelvo despenca em 52,49%
Gerson Claro abraçado com a mãe e irmã durante comemoração (esq). Enelvo durante campanha. Foto: Divulgação

Reeleito com 25.839 votos, o deputado estadual Gerson Claro (PP) conseguiu aumentar em 61,11% sua votação em Sidrolândia se comparado com o desempenho de 2018 quando obteve 2.052 votos. Gerson foi o mais votado no município com 3.306 votos (13.80%) e superou o ex-prefeito que só conseguiu 2.937 votos, queda de 51,49% em relação ao desempenho de 2018.

Na corrida por vaga na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul em 2018, Enelvo Felini obteve nas urnas 6.055 votos. Já neste domingo, a somatória geral da apuração dos votos do ex-prefeito em linhas gerais no estado, foi de 7.719 sufrágio, desempenho tímido para quem obteve 20.721 votos na eleição passada.

Em Sidrolândia, votação de Gerson cresce 61,11% e a de Enelvo despenca em 52,49%
Cledinaldo Cotócio. Foto: Divulgação

O terceiro candidato deputado estadual mais votado na cidade foi o vereador Cledinaldo Cotócio (Podemos), que teve 1.715 votos, mais de 77% da votação dos 2.210 votos obtidos por ele. Cotócio foi mais votado que o deputado estadual eleito Zeca do PT, que teve 1.315 votos.

O advogado e empresário Estélvio Michalski, outro candidato caseiro, teve 605 votos de uma votação total de 834 sufrágio. Dos candidatos de fora, o mais votado foi o deputado Jamilson Name (PSDB) que teve 1.727 votos. Ele teve o apoio dos secretários de Obras e de Fazenda, Claudinho Serra.

Entre os candidatos a deputado federal, Ricardo Corneta, foi o 4º mais votado da cidade, com 1.275 votos (dos 1.476 que garantiu no Estado). Foi mais votado que o deputado federal Dagoberto Nogueira, que teve 940 votos.