Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 29 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Hospital terá mais 10 leitos para Covid-19 e vai atender Dois Irmãos do Buriti

O Governo do Estado assumiu o compromisso de custear a manutenção e abertura de mais 10 leitos clínicos no hospital.

Flávio Paes/Região News

07 de Agosto de 2020 - 14:05

O Hospital Elmíria Silvério Barbosa, além de Sidrolândia vai ser referência no atendimento de pacientes de Covid-19 residentes no município vizinho de Dois Irmãos do Buriti. Na manhã desta sexta-feira a diretora administrativa do hospital, Vanda Camilo, se reuniu com o secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende.

O Governo do Estado assumiu o compromisso de custear a manutenção e abertura de mais 10 leitos clínicos. √O desafio agora é contratar médicos para atender um fluxo maior de pacientes.

Na reunião, que contou também com a presença do prefeito Marcelo Ascoli, o secretário Geraldo Resende manifestou preocupação com o crescimento de casos entre a população indígena. Até agora, 140 terena da Reserva Indígena Buriti, que abrangem aldeias em Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti, testaram positivo para o Covid-19 e aproximadamente 200 estão sob investigação. Nas duas cidades, morreram 7 indígenas, 4 em Sidrolândia e 3 na cidade vizinha.

O hospital está com os 10 leitos da ala vermelha ocupados e há 4 pacientes, com sintomas do vírus, sendo atendidos em outra ala do hospital à espera de vaga no espaço aberto apenas para o tratamento de quem contraiu o novo coronavírus. Na UTI, três das cinco estão ocupadas.

Com raio-x da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) está quebrado, muita gente tem ido buscar atendimento no hospital. Só na quinta-feira apareceram 20 pacientes com febre e dores no corpo. Um deles, uma indígena idosa, que por 4 dias passou pela UPA foi internada de imediato, porque seu pulmão estava bastante comprometido.