Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 19 de Setembro de 2020

Sidrolândia

Depois de perder a irmã para o Covid-19, Dorgival ganha no Dia dos Pais a cura da doença

Dorgival começou a sentir os primeiros sintomas da doença no último dia 1º. Neste domingo teve alta após três dias internado.

Flávio Paes/Região News

09 de Agosto de 2020 - 21:23

Depois de perder a irmã para o Covid-19, Dorgival ganha no Dia dos Pais a cura da doença

As últimas três semanas não foram fáceis para Dorgival de Souza que neste domingo ganhou o melhor presente que poderia ter neste Dia dos Pais, sua saúde de volta. Por volta das 16 horas teve alta após três dias internado na ala vermelha do Hospital Elmíria Silvério Barbosa. Reviu os filhos, Dyonmar Moura Souza, Leisa Moura e o genro André Santos Marques, que o levaram para casa. Dyon completou 28 anos neste 9 de agosto. A alta do pai foi um motivo a mais para comemorar a data.

Há 8 dias, Dorgival perdeu a irmã, Maria Aparecida Dias, que sucumbiu a Covid-19 após 21 dias de internação. Em seguida foi a mãe, dona Dercilia Alves de Souza, que testou positivo, mas felizmente conseguiu se recuperar. No final do mês teve de dar assistência ao ex-sogro, o pastor Otávio Cardoso, 78 anos, que também contraiu o novo coronavírus. Estava internado desde o dia 29 e teve alta sexta-feira de manhã, mesmo dia que Dorgival deu entrada no hospital com dificuldades respiratórias.

Dorgival começou a sentir os primeiros sintomas da doença no último dia 1º. Passou por consulta no Bairro São Bento, perto de onde mora e ficou em casa. Os sintomas evoluíram para a falta de ar e baixa oxigenação do sangue, constatada pelo médico do posto após avaliar os exames. Foi aconselhado a procurar o hospital.

Evangélico, Dorgival avalia que além do tratamento médico (com a prescrição do coquetel de medicamentos do Covid-19), sua religiosidade foi fundamental para atravessar o momento de turbulência pelo qual ele e a família estão passando.

Boletim

Conforme o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, Sidrolândia chegou a 918 casos de Covid-19. No ranking estadual, a cidade está em quarto lugar, a frente de Três Lagoas, que tem quase o dobro da população sidrolandense tem 799 casos.