Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 17 de Agosto de 2022

Sidrolândia

Em leilão histórico, APAE arrecada R$ 1,3 milhão e doações somam R$ 700 mil

Os números surpreenderam os organizadores que esperavam arrecadar, num cenário de otimismo, R$ 650 mil.

Marcos Tomé/Região News

03 de Julho de 2022 - 21:17

Em leilão histórico, APAE arrecada R$ 1,3 milhão e doações somam R$ 700 mil
Presidente da APAE, Felipe Feitosa, durante Leilão. Foto: Aniele Souza

O sábado do dia 2 de julho de 2022 entrou para a história da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Sidrolândia – Apae. A 24ª edição do Leilão “Mais Amor e Compreensão”, que levou o nome de uma das figuras apaianas mais emblemáticas do município, o produtor rural já falecido, Luiz César Menezes, arredou mais R$ 1.3 milhão.

Os números surpreenderam os organizadores que esperavam arrecadar, num cenário de otimismo, R$ 650 mil. A contabilidade ainda não tem em mãos os números finais de todo evento, isto porque, além das prendas arrematadas, há doações que podem chegar à monta de R$ 700 mil.

“O valor final do evento ainda não temos, mas só o leilão com arremate de prendas, somou exatos R$ 1.364.352,00”, explica o empresário Felipe Feitosa, presidente da APAE. Em sua avaliação, somadas as doações, o balanço final pode ultrapassar a monta de R$ 2 milhões.

“Estamos muito felizes com tudo que vivemos neste dia 2 de julho. Um dia para entrar na história. Até agora ainda não conseguimos fazer uma análise isenta do todo porque obviamente, estamos ainda anestesiados com tamanho do resultado desta festa”, comemora Felipe.

O Leilão

Em leilão histórico, APAE arrecada R$ 1,3 milhão e doações somam R$ 700 mil
Familia Menezes. Foto: Aniele Souza

O início do Leilão “Mais Amor e Compreensão”, foi um dos momentos mais emocionantes. Um dos netos do homenageado (Luiz Cezar Menezes), Murilo Menezes, adentrou ao tatersal de eventos carregando uma imagem de Nossa Senhora da Aparecida acompanhado de familiares do produtor rural, que em vida foi grande defensor da instituição.

A Santa, que já havia arrecadado R$ 60 mil numa corrente de doações organizada por um dos filhos do homenageado, Neto Menezes, foi a leilão após o momento solene de benemérito. A prenda foi arrematada por R$ 70.000,00, dando início ao leilão histórico da APAE. Ou seja, só a Santa rendeu R$ 120 mil no computo final.

“Foi um momento muito especial para nós em homenagear seu Cezar, que foi um ícone para esta instituição”, comentou Felipe Feitosa. Em sua avaliação, o resultado positivo da 24ª edição do Leilão, de certa forma, é também uma resposta da sociedade ao trabalho que vem sendo desenvolvido pela atual diretoria, que ao longo dos anos, vem resgatando a credibilidade da instituição.

“Posso ser mal interpretado, mas que a verdade seja dita. Desde que assumimos a diretoria, dia após dia, temos feito um trabalho incansável de resgatar a credibilidade da APAE. Na pandemia, é obvio que sofremos com a falta de recursos, mas não saímos por aí batendo de porta em porta, ao invés disto, fizemos gestão”, revela.

Ele cita, por exemplo, que para diminuir os custos operacionais ante a crise financeira, substituiu o aquecedor elétrico da piscina que consumia quase R$ 9 mil de energia mês, por um sistema solar que custou R$ 30 mil a implantação. “Toda doação, independente do valor, a gente presta conta e apresenta os números. Até a sobra de tickets de combustível a gente devolve para quem fez a doação quando não utilizado. Isto dá transparência e credibilidade ao trabalho que está sendo feito”, argumenta.

Doações 

Em leilão histórico, APAE arrecada R$ 1,3 milhão e doações somam R$ 700 mil
Prefeita Vanda Camilo, durante discurso. Foto: Aniele Souza

Inicialmente, os recursos apurados com o evento seriam destinados a aquisição de um novo ônibus adaptado para o transporte de alunos, já que o veículo usado atualmente está com o laudo de vistoria vencido pelo Detran em decorrência do ano de fabricação. Devido a pandemia, foi expedido pelo mesmo órgão, um laudo provisório que vence em dezembro.

A prefeita Vanda Camilo (PP), presente no evento, surpreendeu os presentes, ao anunciar que vai destinar recursos na ordem de R$ 450 mil, em parceria com o deputado estadual Gerson Claro e Beto Pereira (federal), para comprar um ônibus zero quilometro para APAE.

“Já conversei com os dois deputados e junto com o município, quero anunciar que este veículo será destinado ao transporte de alunos da APAE”, disse a prefeita. A empresa de máquinas e implementos agrícolas, Stara, vai destinar 1,5% da receita obtida com as vendas de consórcios da marca para instituição. Pelas projeções, a doação pode chegar a R$ 200 mil.