Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 4 de Agosto de 2021

Policial

Ação policial apreende 474 quilos de maconha em Amambai

De acordo com a polícia, um telefonema anônimo indicava que um indivíduo teria deixado um veículo Wolkswagen Fox estacionado em uma residência desabitada

A Gazeta News

03 de Novembro de 2014 - 08:05

Uma ação policial resultou na apreensão de 474 quilos de maconha e na prisão de três pessoas suspeitas de envolvimento com o esquema de tráfico, na tarde deste domingo em Amambai.

A apreensão da droga e a prisão dos suspeitos, Leandro da Silva Borges, de 22 anos e Jhonkin Gonçalves Teixeira de 25, ambos moradores em Santa Cataria e de Danylo Machado de Jesus, de 28 anos, que segundo a Polícia Civil também seria originário do estado do sul do País, mas atualmente estaria residindo em Amambai, aconteceu após denúncia.

De acordo com a polícia, um telefonema anônimo indicava que um indivíduo teria deixado um veículo Wolkswagen Fox estacionado em uma residência desabitada nas proximidades do Hospital Regional de Amambai, região da Vila Vilarinho e saído do local abordo de uma GM Zafira.

De posse as informações, policiais passaram a efetuar diligências e localizaram uma Zafira com as mesmas características da descrita na denúncia e resolveram realizar a abordagem do veiculo, que era conduzido por Danylo Machado e tinha como ocupantes Leandro e Jhonkin.

Como as características físicas, bem como o traje de Leandro batiam com a da pessoa que havia deixado o Fox na casa desabitada, segundo havia informado o denunciante, os policiais passaram a indagar o rapaz que teria confessado ter, de fato, deixado o veículo naquele local e inclusive teria repassado aos policiais a chave do carro.

Diante da situação os policiais conduziram os suspeitos até a casa onde o Fox estava estacionado e em vistoria no interior do veículo encontraram a droga. Os três indivíduos receberam voz de prisão e, juntamente com os dois veículos e a maconha apreendida, foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai para serem tomadas às providências cabíveis.

De acordo com a Polícia Civil, os três detidos deverão ser autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes cujas penas somadas variam de 8 a 25 anos de prisão.