Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Policial

Acusado de balear rapaz em casa noturna diz que atirou no chão

Arruda deixou o local, mas percebeu que o colega não tinha saído. Pegou uma arma e retornou, quando viu o amigo saindo e Diego logo atrás

Dourados Agora

03 de Setembro de 2014 - 09:41

Um homem de 31 anos se apresentou ontem na Delegacia da Polícia Civil de Dourados para esclarecer sobre uma tentativa de homicídio contra Diego da Silva Puro, de 20 anos, ocorrida na sexta-feira passada num pub (bar) que fica na Rua Floriano Peixoto, região central da cidade.

Segundo a polícia Thiago C.S. Arruda, residente no Jardim Tropical, disse que a briga começou dentro do estabelecimento, depois que a vítima tirou uma jovem para dançar. A amiga de Thiago teria recusado um beijo da vítima, segundo o acusado que foi tirar satisfação com o rapaz.

Arruda deixou o local, mas percebeu que o colega não tinha saído. Pegou uma arma e retornou, quando viu o amigo saindo e Diego logo atrás.

Arruda alega que teria sido agredido e, para se defender, voltou a arma para o chão e atirou. Ele deixou o local e veio, a saber, que o tiro havia atingido Diego no dia seguinte, através do noticiário local.

Ele foi ouvido e vai responder ao processo, por tentativa de homicídio, em liberdade.