Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 19 de Junho de 2024

Policial

Acusados de matar policial em Nova Andradina são julgados

Os condenados seriam encaminhados ao Presídio de Naviraí, onde já estavam presos à espera do julgamento

Nova News

20 de Novembro de 2014 - 14:37

Aconteceu, nesta quarta-feira (19), das 13h às 21h, no Fórum de Nova Andradina, o julgamento de três homens acusados de matar o policial aposentado Nelson Gonçalves, de 48 anos. O crime ocorreu no dia 08 de fevereiro de 2013, quando funcionários de uma usina encontraram o corpo da vítima próximo ao Córrego do Baile, em Nova Andradina.

No dia dos fatos, durante diligências, a Polícia Civil localizou ocarrodo policial aposentado, um Fiat Tempra, na Rua André Loyer, próximo à rua Juscelino Kubitschek Oliveira, na região conhecida como “buracão”. Além do veículo, a carteira de documentos do ex-militar e um facão também foram encontrados.  

As investigações tiveram sequência e apontaram a autoria do crime a três pessoas, identificadas como Edmar Barreto Luiz, Diego de Oliveira Barreto e Lourival Alves dos Santos.  Durante o júri realizado nesta quarta-feira (19), Edmar foi condenado a 16 anos e meio de prisão e Diego foi sentenciado a 19 anos, quatro meses e 22 dias de reclusão.

Já o acusado Lourival acabou absolvido por falta de provas, e foi colocado em liberdade. Os condenados seriam encaminhados ao Presídio de Naviraí, onde já estavam presos à espera do julgamento.