Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Policial

Adolescente de 15 anos é suspeito de ajudar mãe a enterrar bebê no quintal de casa em MS

Ainda de acordo com a polícia, no dia 4 de janeiro, a mãe deu entrada no Hospital São Vicente com fortes hemorragias após um aborto

Midiamax

17 de Janeiro de 2014 - 16:09

Um jovem de 15 anos, filho de uma mulher de 38, acusada de enterrar o filho recém nascido, na cidade de Bela Vista (344 quilômetros de Campo Grande), também é suspeito de ocultação de cadáver e homicídio doloso (quando há intenção), tal como consta no boletim de ocorrência de acordo com a assessoria da Polícia Civil.

Ainda de acordo com a polícia, no dia 4 de janeiro, a mãe deu entrada no Hospital São Vicente com fortes hemorragias após um aborto. O Conselho Tutelar então foi acionado e junto com a polícia, fizeram buscas no quintal da casa da mãe.

O corpo do recém nascido foi encontrado já em estado de decomposição, envolto a um pano rosa, dentro de uma caixa de papelão em um buraco tampado com uma pedra. Todas as circunstâncias, tal como se no momento do aborto o bebê estava vivo ou não, está sob investigação.

A delegada Kellen Laura Baltha da Silva, confirmou a reportagem que o bebê não foi enterrado vivo. A mãe que também responde por homicídio e ocultação de cadáver, passou por exames de corpo de delito. A delegada disse à reportagem que emitirá uma nota a respeito do caso até a próxima semana.