Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 16 de Abril de 2024

Policial

Adolescente indígena de 14 anos confessa morte em aldeia de Juti

De acordo com a Polícia Civil, o garoto confessou que desferiu um golpe de facão nas costas de Neri após um desentendimento entre ambos, na Aldeia Taquara.

Campo Grande News

07 de Julho de 2011 - 14:09

Um adolescente indígena de 14 anos é apontado pela Polícia Civil como autor da morte do também índio Neri Cavalheiro, 28 anos, no último fim de semana, em Juti, distante 320 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a Polícia Civil, o garoto confessou que desferiu um golpe de facão nas costas de Neri após um desentendimento entre ambos, na Aldeia Taquara.

A agressão foi no dia 1º (sexta-feira). Neri foi socorrido para o Hospital Vida, em Dourados, e morreu no dia seguinte. O crime é tratado como lesão corporal seguida de morte.

Segundo a Polícia Civil, o infrator foi encontrado em Caarapó, a cerca de 20 quilômetros da aldeia, no domingo (3) e, na presença de um conselheiro tutelar, confessou a agressão.

Como não havia mais o estado de flagrância, o infrator, que não possui antecedentes, foi ouvido pela autoridade policial e entregue aos cuidados do Conselho Tutelar.