Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Policial

Adolescentes que fugiram de Unei têm entre 14 e 20 anos e são de alta periculosidade

De acordo com o diretor da unidade, Jean Gouveia, a polícia está realizando buscas para recapturar os adolescentes

Midiamax

19 de Novembro de 2014 - 14:41

Os 19 adolescentes que fugiram da Unei (Unidade Educacional de Internação Dom Bosco), em Campo Grande, que fugiram na noite desta terça-feira (18) ainda não foram recapturados.

De acordo com o diretor da unidade, Jean Gouveia, a polícia está realizando buscas para recapturar os adolescentes. Os foragidos tem idade entre 14 e 20 anos e a maioria são considerados de alta periculosidade.

Entre eles, há quem cumpre medida socioeducativa por homicídio, roubo a mão armada e latrocínio - roubo seguido de morte. Todos os adolescentes são da ala A da Unei. A unidade está lotada, a capacidade é para 86 internos, mas até a fuga abrigava 93.

A Unei Dom Bosco já registrou outras ocorrências durante este ano. Em setembro deste ano cerca de 20 adolescentes aproveitaram o intervalo das aulas e tentaram fugir. Durante a confusão, um agente ficou ferido e precisou ser socorrido.

Os internos fizeram uma rebelião e incendiaram alojamentos no bloco B no dia 14 de março. Foi preciso uma repressão do Batalhão de Choque para acabar com o motim. Já o defensor público, da 3ª Defensoria Pública da Infância e Juventude, Eugênio Luiz Dameão, ingressou com um pedido em março de interdição parcial da unidade, limitando ao número de 70 adolescentes.

A fuga

 No momento da fuga estavam no local de oito a dez plantonistas que contavam com o apoio da Polícia Militar no lado externo. Mesmo assim, não foi possível conter a ação dos adolescentes.