Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Policial

Após 72h, mulher encontrada morta, nua e em chamas continua mistério

Além disso, o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) da Capital está com aparelho de raio-x, que indica qual tipo de arma matou a vítima, quebrado há meses.

Campo Grande News

09 de Setembro de 2013 - 16:46

A Polícia ainda não tem pista sobre o assassinato de uma mulher que foi encontrada morta com o corpo ainda em chamas por volta das 7h30 de sexta-feira (6) na rua Cruz da Malta, na Chácara dos Poderes, próximo ao anel viário da BR-262, em Campo Grande.

O corpo da mulher foi encontrado totalmente carbonizado da cintura para cima. Na sexta-feira (6) a Polícia chegou a entrar em contato com cinco famílias que registraram boletim de ocorrência por desaparecimento de mulheres, porém pelas características fornecidas, nenhuma conhecia a vítima.

Além disso, o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) da Capital está com aparelho de raio-x, que indica qual tipo de arma matou a vítima, quebrado há meses.

De acordo com a Polícia Civil, foram solicitadas imagens de câmeras de segurança das proximidades para ver quais os veículos que passaram no local, durante a noite do crime e a manhã do dia em que o corpo foi encontrado.

Também foram solicitados exames necroscópicos e de impressão digitais em uma das mãos que não ficou totalmente queimada. Através dos exames, a Polícia quer saber também se a vítima estava grávida ou se sofreu violência sexual.

O mistério começa na identidade da vítima e se estende ao autor do homicídio.