Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 6 de Julho de 2022

Policial

Após sair de presídio, homem ateia fogo na casa da ex-mulher

A vítima viu o momento que Dinaldo arrombou o portão e ateou fogo no imóvel de cinco peças.

Campo Grande News

23 de Outubro de 2015 - 07:57

Depois de sair do presídio, Dinaldo de Souza Viana, 27 anos, ateou fogo na casa da ex-mulher de 30 anos, na madrugada de ontem (23), na Rua Iolanda Maluf Ribeiro, na Vila Nova, em Terenos. Após o incêndio, a residência ficou totalmente destruída e foi interditada.

Conforme o Corpo de Bombeiros, testemunhas contaram que o ex saiu do sistema prisional, onde ficou preso cerca de 20 dias por violência doméstica e passou a ameaçar a vítima. Com medo da situação, a mulher foi para a casa de uma vizinha.

A vítima viu o momento que Dinaldo arrombou o portão e ateou fogo no imóvel de cinco peças. O Corpo de Bombeiros de Campo Grande foi acionado, mas quando chegou ao local a casa já estava tomada pelas chamas.

No total, oito militares atenderam a ocorrência e usaram 4 mil litros de água para fazer o resfriamento e rescaldo. A estrutura da casa de alvenaria ficou comprometida e foi interdita pelos militares. A vítima tem medida protetiva, com base na lei Maria da Penha, contra o ex-companheiro. Depois do crime, Dinaldo foi preso pela polícia.

Violência - Somente no primeiro semestre deste ano, a Polícia Civil prendeu 339 pessoas por violência doméstica contra a mulher, em Campo Grande. O número representa um acusado preso a cada 12 horas na Capital, e é alto, mas se comparado a estatística de denúncias relacionadas ao crime (3.340), significa que somente 10% dos denunciados foram presos.