Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 8 de Maio de 2021

Policial

Assaltante morto em confronto tinha 18 anos e foi reconhecido pelo irmão

O mecânico de 51 anos, amarrado com fios de ferro pelos suspeitos, contou que durante assalto na oficina, onde mora, foi ameaçado por diversas vezes.

Campo Grande News

01 de Fevereiro de 2017 - 09:53

Foi identificado como Anderson Ayala Lopes, 18 anos, um dos bandidos mortos durante confronto com policiais do Batalhão de Choque, na madrugada de terça-feira (31), na Vila Piratininga, em Campo Grande.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o homem não portava documentos e foi reconhecido pelo irmão no Imol (Instituto Médico Odontológico Legal). Anderson não tinha passagens pela polícia. O comparsa dele, que também morreu durante tiroteio, ainda não foi identificado.

O mecânico de 51 anos, amarrado com fios de ferro pelos suspeitos, contou que durante assalto na oficina, onde mora, foi ameaçado por diversas vezes. “Eles queriam dinheiro e um dos ladrões falava o tempo todo: dá o dinheiro ou estouro sua cabeça”, disse a vítima em entrevista na manhã de ontem.

Caso - Policiais faziam rondas na região, quando um homem que saía de uma residência se assustou ao ver a viatura, voltou correndo para dentro e bateu o portão com força. A atitude do suspeito chamou a atenção dos policiais, que foram em direção ao imóvel.

Ao se aproximar, os militares ouviram vozes dizendo: “A polícia tá ai”. Os militares, então, entraram no local e um dos bandidos correu e pulou o muro para a casa vizinha. Em seguida, dois homens que saíam do imóvel dispararam contra os policiais, que revidaram.

Os assaltantes foram baleados e socorridos por uma das equipes do Batalhão de Choque à Santa Casa, onde morreram minutos depois. Já o mecânico foi encontrado em um dos quartos deitado no chão e com as mãos amarradas para trás.

Na casa, havia dois caminhões, um carro e várias peças espalhadas. Segundo a polícia, a intenção dos bandidos era levar um dos veículos. Duas armas encontradas com os bandidos foram apreendidas. O terceiro integrando do bando conseguiu fugir e não há informação se foi preso.