Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Maio de 2021

Policial

Camionete é encontrada, mas idoso já está desaparecido há 10 dias

Foram feitos exames periciais na camionete, mas, por enquanto, nem a polícia ou os familiares tiveram noticias sobre o paradeiro do idoso.

Campo Grande News

06 de Dezembro de 2016 - 16:27

Foi encontrada na última sexta-feira (02) a camionete modelo D10 do senhor Helio Taira, de 74 anos, que esta desaparecido há dez dias na Capital. O veículo, que segundo apurado pela própria família estaria sendo levado pelo idoso para ser negociado quando ele sumiu, foi encontrado pela polícia em uma das ruas do bairro Mata do Jacinto, na região norte de Campo Grande.

Foram feitos exames periciais na camionete, mas, por enquanto, nem a polícia ou os familiares tiveram noticias sobre o paradeiro do idoso. “Ainda não tivemos nenhuma notícia. Ninguém também ligou ou deu alguma pista que pudesse indicar onde ele está”, disse Cristiane Taira, sobrinha do idoso.

No último dia 1, cinco dias depois de ter desaparecido o senhor Hélio que também é fretista, jardineiro e catador de recicláveis, completou seus 74 anos de idade.

Desaparecimento – Ainda de acordo com a sobrinha de Hélio, um amigo do tio contou que o viu por volta das 11h do dia 26 de novembro, no semáforo em frente ao terminal Bandeirantes.
Ao colega ele disse que estava indo negociar a camionete com uma pessoa, depois que ele havia feito um anuncio na internet.

A família desconfia desta informação referente ao anúncio, já que segundo a sobrinha, o idoso não costuma acessar a internet e não tinha dito a ninguém que tinha intenção de realizar a troca. O carro do idoso é uma caminhonete chevrolet D10 branca, com carroceria de madeira e placa HQX 1188.

Investigações - O caso está sendo investigado pelo setor de investigações sobre pessoas desaparecidas da DEH (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Homicídios) da Polícia Civil.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do idoso pode ir a qualquer delegacia da Capital ou entrar em contato diretamente com a DEH pelo telefone 3318-9000.

Os familiares também disponibilizaram os números de telefone: (67) 9 91414399, (67) 9 9636-5833 ou (67) 9 81271-1097.