Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

Policial

Colega de farda mata soldado com tiro acidental dentro de quartel em Campo Grande

Leonardo Pavão Rodrigues, de 19 anos, estaria dormindo quando o outro soldado foi acordá-lo para entrar em seu horário de serviço

Midiamax

12 de Julho de 2011 - 09:08

Na madrugada desta terça-feira (12), por volta das 02h, um soldado do 9° Batalhão de Suprimentos de Campo Grande, morreu ao ser atingido por um tiro disparado por outro soldado, dentro do alojamento militar. De acordo com o Comando Militar do Oeste (CMO), o disparo de carabina foi acidental.

Leonardo Pavão Rodrigues, de 19 anos, estaria dormindo quando o outro soldado foi acordá-lo para entrar em seu horário de serviço. A carabina que o soldado portava disparou, acertando o rosto do colega de farda.

A vítima morreu no local e foi registrado um boletim de ocorrência na Polícia Civil como morte à esclarecer, requerindo o exame de necrópsia feito pela perícia. Como o crime aconteceu dentro da área militar, ele será julgado pelo exército, através do código penal militar.

Segundo o CMO, o autor do disparo está sob custódia e detido na sede do Comando Militar do Oeste, onde deve permanecer até ser julgado. O Exército não informou em qual artigo as investigações serão conduzidas.