Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 23 de Junho de 2024

Policial

Com prisão preventiva decretada, capturado em Maracaju assassino de cunhado

No último dia 26 de março ele matou o cunhado, Ademar Vieira de Menezes, com um tiro na costela, enquanto a vítima participava de um culto

Flávio Paes/Região News

01 de Agosto de 2012 - 17:31

Policiais civis da Delegacia de Sidrolândia capturaram na última segunda-feira na Vila Juquita em Maracaju, Mário de Souza Machado, que estava com a prisão preventiva decretada pela Justiça há 30 dias. No último dia 26 de março ele matou o cunhado, Ademar Vieira de Menezes, com um tiro na costela, enquanto a vítima participava de um culto numa igreja evangélica na Colônia dos Crentes, na região do Pequi.

Dois dias depois de cometer o crime, Mário se apresentou à Polícia, confessou o crime e foi liberado, se colocando a disposição da Justiça. Há um mês teve a prisão preventiva decretada e como não foi localizado em Sidrolândia, passou a ser considerado  oficialmente foragido. No início da semana, os vizinhos de Mario Souza em Maracaju o denunciaram à Polícia.

Ele teria agredido a esposa, que está grávida, além de fazer disparos, provocando pânico entre os moradores. Como havia um mandado da Justiça em aberto contra ele, os policiais de Sidrolândia foram comunicados para efetuar a prisão. Ao fazer uma varredura na casa dele, os policiais encontraram um revólver calibre 38, que teria usado para matar o cunhado.