Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Policial

Condutor de van perdeu duas filhas em tragédia, 4ª vítima é outra criança

A colisão entre o Chevrolet Corsa e a Van, de Lindolfo Collor (RS), ocorreu numa subida, durante uma tentativa de ultrapassagem

Campo Grande News

05 de Agosto de 2013 - 08:16

A tragédia na altura do quilômetro 389 da BR-267, em Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande, matou as duas filhas do motorista da Van, Ademir Luiz Mombach. Na colisão do veículo, que levava evangélicos para um culto em Maracaju, morreram três crianças e um homem de 50 anos. A terceira criança é um menino identificado como Gustavo.

A colisão entre o Chevrolet Corsa e a Van, de Lindolfo Collor (RS), ocorreu numa subida, durante uma tentativa de ultrapassagem. Onze pessoas ficaram feridas, sendo sete em estado grave.

Morreram no local do acidente, o condutor do Corsa, Ramão Nazaré, 50 anos, e duas crianças, um menino identificado como Gustavo, e Vitória Letícia Mombach, 8 anos, filha do condutor da Van.

Conforme o site Tudo do MS, Ademir e a esposa, Janete Beatriz Schmeier iam de Guia Lopes da Laguna para participar de um culto evangélico em Maracaju. Eles estavam com as três filhos.

A segunda filha do casal, Emanuelly Roberta Mombach, 4 anos, morreu a caminho do hospital. O terceiro filho do casal, um bebê de um ano e meio, estava na cadeirinha e não teve ferimentos graves.

Ademir e a esposa foram transferidos para a Santa Casa de Campo Grande. Ele fraturou a perna direita e ela, teve fratura exposta nas pernas. Ambulâncias de Dourados foram a Maracaju para ajudar na transferência de cinco feridos para Capital. Só uma criança, o filho do casal, segue internado no Hospital Municipal Soriano Corrêa da Silva, de Maracaju.

Segundo o delegado Rodrigo Sperancin, devido ao grande número de pessoas envolvidas na ocorrência, ele só deve fechar a ocorrência no final da manhã de hoje.