Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Julho de 2021

Policial

Continua foragido suspeito de matar duas pessoas queimadas no Columbia em Campo Grande

O incêndio aconteceu na noite do dia 13 deste mês em uma casa que fica na Rua Uruana

Campo Grande News

29 de Outubro de 2014 - 13:25

Passados 16 dias do incêndio criminoso que matou duas pessoas no Jardim Columbia, em Campo Grande, o suspeito de ter cometido o crime, Adriano Espinosa, continua foragido.

O incêndio aconteceu na noite do dia 13 deste mês em uma casa que fica na Rua Uruana. Morreram Lucinda Ferreira Torres, 41 anos, que seria mulher de Adriano, e Hélio Queiroz Neres, 37 anos. Ficaram feridos Edna Rodrigues de Souza, 33 anos e Daniel Cândia, 38 anos, ambos ainda estão internados na Santa Casa, sendo Daniel em estado grave.

Na semana passada, um advogado chegou a entrar em contato com a DEAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) relatando que o suspeito tinha a intenção de se apresentar, porém, até agora não compareceu na delegacia.

Ele está sendo procurado por policiais da delegacia especializada.