Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 19 de Abril de 2021

Policial

Decretada a prisão de dois suspeitos de matar nova-andradinense em Bataguassu

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros até ao Pronto Socorro da Santa Casa de Bataguassu, mas não resistiu e morreu uma hora depois

Jornal da Nova

10 de Novembro de 2014 - 15:17

O Poder Judiciário de Bataguassu decretou a prisão preventiva de Altair Alves da Silva de 32 anos, natural de Bataguassu e de Anderson Silva Batista de 31 anos, natural de Campo Grande, acusados de matar o nova-andradinense Wilker Lucas da Silva Duarte de 18 anos, que morreu no último sábado (8), baleado com cinco tiros, na estrada Uere a 100 metros da rua Recanto em Bataguassu, ambos os acusados moram na mesma estrada em que jovem foi baleado.

A representação do pedido de prisão preventiva foi feita pelo Delegado responsável pelo caso, Dr. Guilherme Scucuglia, depois de ouvir depoimentos de testemunhas, aonde chegou até o memento das investigações, nos dois suspeitos, Altair e Anderson.

O Jornal apurou que em um dos depoimentos prestados a Polícia Civil, uma testemunha disse que Altair e a vítima, haviam discutido dias atrás ao dia do fato, razão esta que aponta para os suspeitos terem cometido o crime.

À reportagem, o Delegado disse que pelos levantamentos preliminares a motivação que levou o jovem a morte, foi por ciúmes, ele teria ameaçado um dos autores, mas que somente após a prisão dos suspeitos, pode-se concluir o que realmente motivou a dupla a cometer o crime. “Só podemos elucidar o crime, depois de ouvir os autores”, disse o Scucuglia.

O caso

Wilker pilotava uma moto Honda/CG de cor preta, quando foi abordado pela dupla que estava em um carro de cor branca, após alguns minutos, testemunhas escutaram os estampidos de arma de fogo e logo encontraram o jovem baleado no chão.

 A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros até ao Pronto Socorro da Santa Casa de Bataguassu, mas não resistiu e morreu uma hora depois. O médico que atendeu o jovem apresentou a polícia dois projéteis, um localizado na cueca do jovem e outro extraído da cabeça, a polícia encontrou outro projétil no local dos fatos.