Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 30 de Outubro de 2020

Policial

Delegada pede medida protetiva para jovem de 19 anos espancada pelo namorado

A delegada, no início do inquérito policial, vai entrar com um pedido de medida protetiva para a jovem, que segue internada na Santa Casa

Midiamax

06 de Janeiro de 2014 - 13:48

A delegada Rosely Molina, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) iniciou nesta segunda-feira (6), a investigação do caso da jovem Giovanna Nantes, de 19 anos, espancada supostamente pelo seu namorado, na virada do ano. O motivo das agressões teria sido ciúmes de um primo da jovem.

A delegada, no início do inquérito policial, vai entrar com um pedido de medida protetiva para a jovem, que segue internada na Santa Casa, e nesta segunda-feira passa por uma cirurgia para a reconstrução da face. “Nós vamos entrar com essa medida para proteger a jovem durante as investigações e chegarmos realmente ao que aconteceu”, comenta.

De acordo com a delegada, o boletim de ocorrência foi aberto como lesão corporal culposa no dia 1º de janeiro por volta das 4h , e não foi encaminhado diretamente para da Delegacia da Mulher. No boletim não consta o agravante de violência doméstica, e Matheus George Tannous, de 19 anos, provável suspeito do espancamento, aparece como uma testemunha.

A investigação só foi iniciada após o depoimento da mãe da jovem, que acusa Matheus das agressões. Allan Andrade Oliveira, o primo da jovem agredida, também afirma que Matheus é o agressor e que ele sempre teve uma personalidade “bipolar e doentia”.

“Estamos no início das investigações, para descobrir o que de fato aconteceu. Estamos verificando laudos médicos, testemunhas, e colhendo depoimentos de familiares para elucidar o caso”, fala Rosely.

Ameaças

Após divulgação de fotos de Giovanna pelas redes sociais e posteriormente pela mídia, a família da jovem vem sendo supostamente ameaçada pelo namorado e seu pai. “Os dois vêm ameaçando de processar a gente por contar a verdade. Na versão deles, a Giovanna caiu do colo do namorado duas vezes. Mas quem cai e quebra o maxilar em quatro partes e fica inconsciente?”, criticou a tia da jovem.

De acordo com os familiares, o casal estava junto a cerca de um ano e que os ciúmes do namorado em relação a Giovanna e seu primo teriam causado a briga que motivou as agressões.