Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 10 de Agosto de 2022

Policial

Dupla que trocou tiros com policiais é condenada a pena de até 7 anos

Os policiais eram: Jesus David dos Santos, Joelson Nobre Limeira, Isaías Teixeira de Melo Júnior e Wilson Guilherme Menezes.

Midiamax

11 de Setembro de 2015 - 14:53

A 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande condenou na quinta-feira (10) os jurados Djalma da Silva Adão e Heleno e Heleno Richard Moraes Lameu pela tentativa de homicídio contra quatro policiais militares que realizavam uma ronda noturna no Jardim das Macaúbas. Djalma foi condenado à pena de 7 anos de reclusão em regime fechado, porque era reincidente, enquanto Heleno foi condenado à pena de 6 anos de reclusão em regime semiaberto.

Em 25 de maio de 2012, eles estavam em um celta branco roubado, placa HSA-5753 de Campo Grande, e após os policiais tentar parar o veículo na rotatória da Avenida Marajoara, eles fugiram efetuando disparos de revolveres calibre 38 e calibre 22 contra a viatura da antiga Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais), hoje Bope (Batalhão de Operações Especiais).  No carro, ainda havia outro ocupante, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os policiais eram: Jesus David dos Santos, Joelson Nobre Limeira, Isaías Teixeira de Melo Júnior e Wilson Guilherme Menezes. Na época, eles também ficaram feridos e foram encaminhados a Santa Casa. Djalma, acusado de 7 anos de prisão, já era acusado de por roubo, furto, evasão mediante violência contra pessoa.