Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Policial

Em 2012, ação da PF prendeu 417 pessoas, apreendeu armas e drogas

A ação tem duas finalidades: a primeira, ostensiva, permite a maior fiscalização dos corredores utilizados por traficantes e contrabandistas.

Campo Grande News

30 de Janeiro de 2013 - 14:41

O trabalho realizado ano passado pela PF (Polícia Federal), em Mato Grosso do Sul, na Operação Sentinela, resultaram na prisão de 417 pessoas, sendo 324 em flagrante e 93 mandados judiciais cumpridos; apreendidos 763 mil pacotes de cigarros; 57 armas, sendo 6 fuzis; mais de 15 mil munições; apreensão de 19,2 toneladas de maconha e de 1,3 tonelada de cocaína.

Conforme a PF, desde março de 2010 a Operação Sentinela é realizada no Estado e demais que fazem fronteira com outros países. È executada em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional de Segurança Pública.

A ação tem duas finalidades: a primeira, ostensiva, permite a maior fiscalização dos corredores utilizados por traficantes e contrabandistas. A outra tem por base a investigação de inteligência, para desarticular organizações criminosas de maior potencial ofensivo, com a identificação e prisão de seus membros, além do sequestro dos bens adquiridos com o lucro proveniente do crime.

Com o reforço de mais 73 novos policiais federais que serão empossados formalmente no próximo dia 05 de fevereiro (terça-feira) a PF espera obter melhores resultados no combate ao crime nas suas diversas modalidades.

Os novos policiais já estão em estágio e serão lotados na sede da Polícia Federal em Campo Grande nas delegacias da PF em Dourados, Corumbá, Três Lagoas, Naviraí e Ponta Porã.