Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 6 de Maio de 2021

Policial

Em 2014, marginais entraram na casa, renderam o idoso assassinado e levaram a aposentadoria dele

Os bandidos o obrigaram a se sentar, lhe aplicaram uma gravata no pescoço e ameaçaram matá-lo caso não entregasse o dinheiro que tinha.

Flávio Paes/Região News

31 de Dezembro de 2016 - 10:36

Esta não foi a primeira vez que o idoso Antonio Lazaro Muller, morto a tiros em frente casa neste sábado, foi alvo dos marginais. No dia 11 de junho de 2014, por volta das 13h15, uma dupla de marginais, pularam o muro dos fundos da sua casa e o renderam com um garfo.

Os bandidos o obrigaram a se sentar, lhe aplicaram uma gravata no pescoço e ameaçaram matá-lo caso não entregasse o dinheiro que tinha. Só foram embora depois de levar o celular e o dinheiro da aposentadoria do aposentado (um salário mínimo) que havia recebido.

Alguns dias antes, dia 26 de maio, os marginais também pularam o muro dos fundos da casa e levaram o aparelho de TV que estava na varanda.

Leia também: Idoso de 81 anos é morto com 4 tiros em frente de casa no Cascatinha