Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Policial

Em Maracaju , dois jovens são presos por latrocínio de homem desaparecido desde sábado

Giovani estava desaparecido desde sábado (26), quando foi a um show em uma choperia de Maracaju.

Campo Grande News

29 de Novembro de 2016 - 07:37

Dois jovens foram presos pela Polícia Civil de Maracaju como suspeitos de terem matado Giovani Carra, de 31 anos, que estava desaparecido desde sábado (26). O caso é apurado como latrocínio (roubo seguido de morte) pela polícia.

Giovani estava desaparecido desde sábado (26), quando foi a um show em uma choperia de Maracaju. Testemunhas ouvidas pela polícia relataram que ele saiu do local com três pessoas, segundo informa o site Tudo do MS.

Desde então, ele não foi mais visto por familiares, que inclusive registraram boletim de ocorrência. Amigos que foram procurados pela família também não sabiam o paradeiro de Giovani.

O corpo de Carra foi encontrado no fim da tarde desta segunda-feira na estrada da Fucotri, em frente unidade 2 da COAMO, em Maracaju. O carro dele, um Renault Clio Sedan, de cor preta, foi encontrado perto dali. Duas pessoas foram presas, sendo elas, conforme o apurado, Maurício Ferreira Figueiredo, de 23 anos, e Gilson Arguelho de Souza, 22 anos.

Ainda não há informações sobre as circunstâncias do latrocínio nem se a localizado do corpo, que estava degolado, foi obtida antes ou depois da prisão dos dois suspeitos. O site Tudo do MS afirma que a Polícia Civil ainda procura por um terceiro suspeito, que seria a terceira pessoa que pegou carona na saída da choperia.