Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 8 de Maio de 2021

Policial

Em operação no feriado, PMA tem R$ 96 mil em multas e 11 presos em MS

Operação contou com agentes distribuídos em 25 subunidades.

Correio do Estado

16 de Novembro de 2016 - 14:34

Com foco na pesca predatória e tráfico de aves silvestres, a Polícia Militar Ambiental (PMA) divulgou balanço da “Operação República” que aconteceu desde o último dia 11 até às 8h de hoje em todo o Estado. Foram 25 subunidades que se empenharam na ação que resultou em mais de R$ 96 mil em multas aplicadas.

Para inibir atitudes criminosas contra a flora, os policiais monitoraram cachoeiras e corredeiras dos rios, por causa da piracema, em vigor desde o dia 1º desde mês. Também receberam atenção especial a fauna, especialmente o tráfico de papagaios, visto que os animais estão em período reprodutivo que se estende até dezembro.

Em relação aos autuados por pesca ilegal, foram 4 pescadores Paulistas presos encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Selvíria. Eles estavam com 4 kg de pescado.

Foram apreendidas também seis redes de pesca, 114 anzóis de galho e dois espinhéis dos rios, que são apetrechos com grande poder de captura dos cardumes. A PMA reforça a importância da apreensão dos objetos, pois os pescadores vêm as margens dos rios, armam as armadilhas e retornam apenas depois, dificultando a prisão.

Foram mais 7 pessoas autuadas por crime ambiental, sendo um pelo crime de exploração de madeira, em Corumbá; Dois motorista autuados por transporte de carga perigosa, em Mundo Novo e Naviraí; Um fazendeiro autuado por desmatamento, em Porto Murtinho; Uma pessoa autuada por degradação de nascentes, em Inocência; e Dois caçadores presos em Três Lagoas.