Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Policial

Empresário que reagiu à tentativa de assalto morre no Hospital Regional

Segundo familiares, ele levou três tiros, dois na cabeça e um no tórax e não resistiu aos ferimentos. “Ele nem foi para a cirurgia. Morreu antes”, disse uma familiar.

Midiamax

08 de Janeiro de 2014 - 07:10

O empresário Fábio Seijo Ueme, de 39 anos, que foi baleado na tarde desta terça-feira (7) ao reagir a uma tentativa de assalto morreu há pouco no Hospital Regional.

Segundo familiares, ele levou três tiros, dois na cabeça e um no tórax e não resistiu aos ferimentos. “Ele nem foi para a cirurgia. Morreu antes”, disse uma familiar.

O depósito de materiais de construção, chamado Dawa, que fica localizado na avenida Gunter Hans, também funciona como ponto de recebimento de conta de água e de luz. Conforme informações do tenente Andrew, da Polícia Militar, dois homens tentaram assaltar Fábio quando ele estava em frente ao estabelecimento.

Fábio resistiu ao assalto e tentou lutar com os ladrões. Ele levou três tiros, os homens fugiram em uma motocicleta Honda Broz preta.