Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Policial

Esfaqueado em bar vai para casa com ferimento grave e se nega a ser socorrido

Foi levado para a Santa Casa.

Midiamax

31 de Dezembro de 2016 - 12:26

Por volta das 11h30, homem de 34 anos foi socorrido na casa da mãe, no Rita Vieira, vítima de esfaqueamento. Segundo o pai, Abadio, de 64 anos, o filho se envolveu em uma briga no Centro e foi esfaqueado durante a madrugada, mas foi para a casa da mãe.

Ainda conforme o pai, ele não convive com o filho e tem uma relação conturbada com ele. Abadio contou que o filho é travesti e, durante a madrugada, se envolveu em uma briga em um bar no Centro da cidade, sendo esfaqueado. A irmã da vítima a socorreu e levou para a casa da mãe.

Só por volta das 11h30 a família acionou os bombeiros, que socorreram a vítima. O homem não quis ser levado ao hospital, estava consciente, mas segundo o tenente Coreiro, por conta do ferimento grave no abdômen, ele precisou ser levado para a Santa Casa.

A vítima também tinha ferimento no braço esquerdo e um arranhão no pescoço. O caso deve ser registrado pela polícia.