Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 23 de Outubro de 2020

Policial

Ex-namorado confessa no Facebook que matou acadêmica de direito em MS por ciúmes

O caso aconteceu no bairro Jardim Angélica, no município de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande

Midiamax

13 de Fevereiro de 2014 - 13:00

Já foi identificado o suposto autor do assassinato da acadêmica de direito Jociely Pinheiro, de 22 anos, natural de Naviraí. O ex-namorado de Jociely, Roberto Dantas da Rocha, matou a jovem e deixou o atual namorado dela em estado gravíssimo. O caso aconteceu no bairro Jardim Angélica, no município de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

Na manhã desta quinta-feira (13), Roberto deixou uma confissão no perfil de seu Facebook dizendo que lamentava por ter matado a jovem. Pela mensagem, o relacionamento entre Roberto e Jociely tinha acabado, mas o homem não aceitava a separação. Ele pede desculpas aos familiares e amigos da vítima.

O post do acusado foi comentado por amigos que reprovaram e até mesmo duvidaram da ação cometida. Veja a declaração na íntegra:

“Me perdoa todos...o que eu fiz nao justifica....mas ela dizia q nao tinha ninguem...e eu cheguei ela estava com outro...me desculpa...eu larguei de minha familia por causa dessa guria...e desde de entap ela brinca comigo...me perdoa...parentes e amigos...nao qro q nin guem va me visitar...a partir de hj...qro ser esquecido ou sei la o q?"

De acordo com o site Rádio Caçula Roberto trabalhava como vigia na Câmara Municipal de Naviraí. A polícia faz buscas por Três Lagoas, e a Polícia Civil de Naviraí também procura o autor.

O caso

Roberto invadiu o apartamento de Jociely e a esfaqueou no pescoço. Sangrando muito a jovem gritou por ajuda para seu namorado, Luciano Gomes da Silva, que estava em outro quarto.

O namorado foi atrás de Roberto, e eles brigaram, no entanto, Luciano foi ferido com facadas no abdômen e no braço. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou Luciano ao Hospital Auxiliadora, o estado de saúde dele é gravíssimo. Jociely Pinheiro não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A jovem naviraiense trabalhava na Câmara do município e veio para Três Lagoas para gerenciar uma loja de telefonia da tia, ela estava a oito meses na cidade. Ela também era acadêmica de direito da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.