Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Policial

Fazendeiro foi morto com quatro tiros porque chamou atenção de funcionário

O delegado Antônio disse que Péricles chamou a atenção de Salvador. O funcionário, que estava embriagado, resolveu então matar o patrão

Correio do Estado

18 de Novembro de 2014 - 09:48

O fazendeiro Péricles da Costa Marques, de 73 anos, foi morto com quatro a tiros no último sábado (15) porque chamou atenção de um de seus funcionários, Salvador Gomes dos Santos, 36 anos. O crime ocorreu na propriedade da vítima, Fazenda Colorado, que fica na Região do Abobral, em Aquidauana.

O delegado do município, Antônio Souza Ribas Júnior, explicou que Elias Silva Calvis, 38 anos, um dos presos acusados de matar o fazendeiro, contou que a vítima foi morta com quatro tiros e depois jogada num rio, nas imediações da propriedade rural.

A polícia fez buscas no local, mas o corpo ainda não foi encontrado.

Eli Rosa Milton Paes, 40 anos, esposa de Elias, também foi presa e apontada como autora. Já Salvador, que teria disparado os tiros contra Péricles, foi morto no último domingo (16) durante tiroteio com a polícia.

O delegado Antônio disse que Péricles chamou a atenção de Salvador. O funcionário, que estava embriagado, resolveu então matar o patrão. Elias e Eli responderão por latrocínio porque levaram da fazenda duas armas de fogo do pecuarista.